Doodle do Google homenageia Ano Bissexto, mas você sabe o que é isso?

Por Bruno Salutes | 29 de Fevereiro de 2020 às 13h29
Tudo sobre

Google

Saiba tudo sobre Google

Ver mais

O Ano bissexto ocorre a cada quatro anos e, basicamente, é acrescentado um dia a mais no calendário gregoriano. Isso significa que, em 2020, teremos 366 dias no ano, e não os tradicionais 365 dias.

O Doodle do Google repete o significado da ilustração que a empresa publicou em 2016, que também foi ano bissexto, que faz alusão ao 'Leap Year', conhecido popularmente como 'Ano do Pulo' nos Estados Unidos.

A imagem traz o número 29 pulando entre os dias 28 de fevereiro e 1 de março, balançando-os respectivamente. A ideia, basicamente, é dizer que o dia extra do ano balança os demais:

Doodle do Google em homenagem ao Ano bissexto (Foto: Google)

Afinal, o que é o Ano bissexto?

A cada quatro anos é adicionado um dia a mais no calendário gregoriano, tradicionalmente, o 29 de fevereiro, mês que costuma ir até o dia 28 em anos não-bissexto. Essa é uma tentativa de melhorar a precisão do calendário ocidental para mantê-lo sincronizado com as rotações da Terra ao redor do Sol e com outros eventos astronômicos, como os equinócios e solstícios.

Basicamente, o ano bissexto corrige a margem de erro que envolve horas excedentes em anos não-bissextos. Em um ano com 365 dias, temos, na verdade, 365,2422 dias, com excedente de 5 horas, 48 minutos e 46 segundos. O calendário com 366 dias corrige o excedente de 0,2422 ao final.

Por fim, o ano bissexto serve para compensar essas horas extras que, caso não compensadas, nos deixariam em descompasso com as estações do ano ao longo dos anos.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.