Nem óculos, nem pulseira, nem relógio: conheça os sapatos inteligentes indianos

Por Redação | 27 de Julho de 2014 às 17h55

A Índia será o primeiro país do mundo a criar um sapato inteligente e torná-lo real. Tudo vem de uma ideia da startup Ducere Technologies, que vai começar a vender seus produtos por cerca de US$ 100 o par.

Tais tênis tecnológicos ainda não são aqueles que se ajustam sozinhos nos pés do dono (lembra do Marty McFly, de De Volta para o Futuro?) e que esperávamos ver nesta década – ainda. Mas tratam-se de sapatos que podem se parear com smartphones e vibrar para avisar ao usuário as coordenadas de um destino traçado no Google Maps, por exemplo.

Sapatos Inteligentes

Segundo informações do Wall Street Journal, basta dizer ao smartphone aonde se deseja ir e pronto, já se pode guardá-lo no bolso e transferir a tarefa dos avisos para os tênis inteligentes mostrarem o caminho.

Ideia de startup

A Ducere foi fundada por dois engenheiros indianos que estudaram e trabalharam nos Estados Unidos em 2011. Desde então, a sua força de trabalho aumentou para 50 funcionários e a empresa já conta com uma sede em Secunderabad, no estado indiano de Telengana.

"Os sapatos são uma extensão natural do corpo", relata Krispian Lawrence, 30, cofundador e executivo-chefe da empresa. "Você até pode sair de casa sem seu relógio ou pulseira, mas nunca vai sair sem seus sapatos".

Graças à sua experiencia como promotor de patentes nos EUA, Lawrence conseguiu registrar e obter 24 patentes internacionais e indianas para fabricar os sapatos inteligentes de sua companhia. Inicialmente, a ideia era desenvolver sapatos para ajudar os cegos que ainda dependem de hastes e bengalas para caminhar. Tanto que o gadget foi batizado de "Lechal" (leve-me junto, em hindi). A haste pode até detectar obstáculos no meio do caminho, mas não vai indicar quando é hora de virar ou quando é hora de seguir em frente em um trajeto. "É aí que a gente entra e preenche esta lacuna", explica Lawrence.

Ao testar os sapatos, a empresa percebeu seu grande potencial também para aqueles que enxergam normalmente. Por exemplo: os corredores, ciclistas ou até mesmo turistas podem definir trajetos e destinos e não ter que parar a todo momento para verificar seus smartphones. Basta sentir a vibração nos pés para saber qual caminho tomar.

Sapatos Inteligentes

Os sapatos inteligentes contam com palmilhas removíveis e foram projetados e desenvolvidos na Índia, porém estão sendo fabricados na China. Eles virão nas cores vermelha ou preta. Ao que tudo indica, chegarão ao mercado já em setembro, uma vez que a empresa já recebeu pedidos de 25 mil pares e pretende vender 100 mil até março de 2015.

Sem revelar os nomes dos investidores-anjo da startup, Lawrence tem suas projeções e pretende levantar mais 4 ou 5 milhões de dólares para comercializar seus produtos. O empresário também está firmando acordos com organizações sem fins lucrativos para vender os sapatos inteligentes a um preço mais acessível.

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!