Dazz Bluetooth, o fone de ouvido para quem odeia fios

Por Pedro Cipoli
photo_camera BRUNO HYPÓLITO / CANALTECH

Fones com conexão bluetooth ainda são um pouco raros aqui no Brasil, mas oferecem o máximo de praticidade para quem detesta ter fios espalhados por qualquer lugar. Em um cenário ideal, um usuário pode utilizar um notebook com um mouse sem fio e escutar músicas com um fone de ouvido Bluetooth sem ter que conectar um cabo sequer.

O fone de ouvido da Dazz que recebemos para teste se encaixa nesse cenário, sendo capaz de se conectar facilmente a qualquer aparelho que possua conexão Bluetooth, bastando apenas parear os dois. Em nossos testes, conseguimos conectar o fone a smartphones, laptops e a um mp4 com com conexão Bluetooth.

A qualidade de áudio não surpreende, mas também não desaponta, reproduzindo qualquer tipo de música sem destaques especiais. É possível utilizá-lo como um fone de ouvido convencional graças ao cabo P2 incluso na embalagem. Reparamos uma sensível melhora na qualidade do som e possibilidade de escutar músicas com um volume maior.

Algo que nos fez bastante satisfeitos foi o isolamento sonoro desse modelo da Dazz. O formato aberto não sugere nenhum tipo de recurso parecido, o que nos deixou surpresos positivamente. O isolamento só não é melhor devido ao formato das conchas, que são retas e não acompanham o formato do ouvido, o que deixa parte do som escapar.

Confira fotos do gadget:

Não entendemos a escolha de um formato reto, pois embora não cause desconforto com o uso prolongado, não é anatômico, ou seja, não dá para "prender" o fone na cabeça. Qualquer movimento pode fazê-lo cair, e tal característica acaba se tornando um ponto negativo para quem pretende utilizá-lo em movimeto. Mesmo caminhando na rua, tivemos que nos policiar para não mexer a cabeça bruscamente, senão o fone certamente iria cair.

O fone pode não ser recomendado para o usuário em movimento, no entanto, portabilidade não é um problema. Além de ser dobrável, diminuindo pela metade o seu tamanho dentro da mochila, o Dazz traz uma bolsa para transporte, o que certamente o protege contra pancadas e aumenta a sua durabilidade.

O carregamento da bateria interna é feito com um cabo USB-P2 e demora algumas horas para terminar. Não gostamos do fato de não podermos utilizar o fone enquanto ele está carregando, fato que pode ser um ponto negativo também para muitos usuários. A bateria interna durou cerca de 7 horas e meia de reprodução contínua, o que consideramos abaixo do esperado. O ideal para esse tipo de gadget seria 14 horas ou mais, afinal não podemos utilizá-lo enquanto está carregando.

Nos controles do fone podemos aumentar/diminuir o volume e trocar de faixas. É possível atender ligações também, mas como o Dazz não traz microfone embutido, esse recurso acaba sendo inviável na prática, pois temos que tirar o smartphone do bolso e da mochila de qualquer forma.

Conclusão

O modelo Dazz Bluetooth que recebemos pode ser encontrado por cerca de R$ 249 no mercado brasileiro, preço dentro da média para a categoria de fones de ouvido sem fio, mas consideravelmente caro por suas limitações. A baixa duração da bateria aliada ao fato de não podermos utilizá-lo enquanto está carregando tornam-se grandes pontos fracos, tornando o aparelho pouco prático para pessoas que passam o dia inteiro fora de casa.

A qualidade de áudio é aceitável, nem boa nem ruim; ao mesmo tempo que reproduz diferentes frequências sem problemas, ouvidos mais exigentes podem sentir falta do destaque em agudos e graves. O público alvo do Dazz Bluetooth fica restrito a pessoas que trabalham na frente do PC e não gostam de ficar tirando o fio de cima do teclado toda hora. Entretanto, ele não é recomendável para quem pretende utilizá-lo como companheiro do smartphone.

Vantagens

  • Preço dentro do esperado;
  • Qualidade aceitável de áudio;
  • Portátil e com bolsa de transporte.

Desvantagens

  • Bateria com baixa autonomia;
  • Não é possível utilizá-lo enquanto está carregando (nem via cabo);
  • Não fica firme na cabeça.

Errata:

Cometemos um erro ao afirmar que o Dazz Bluetooth não possui um microfone embutido. Quando o testamos pela primeira vez em um Galaxy S4 estávamos utilizando o microfone do smartphone, mas em novos testes pudemos constatar a "função microfone" do modelo.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.