Surface sem entrada Thunderbolt; Microsoft diz que é por segurança

Por Felipe Ribeiro | 29 de Abril de 2020 às 11h04
Microsoft

Vocês já repararam que os aparelhos Surface, da Microsoft, não possuem entrada Thunderbolt e nem mesmo a possibilidade de terem suas memórias RAM removidas? Em um webinar vazado na internet, um funcionário da empresa explicou que tudo isso está relacionado a questões de segurança.

“Nenhum dispositivo Surface possui Thunderbolt porque essa é uma porta de acesso direto à memória", disse o engenheiro de Redmond antes de explicar que, por isso, um indivíduo mal-intencionado poderia usar a porta para acessar indevidamente os dados armazenados na memória RAM do Surface. Inclusive, também é por isso que as memórias do equipamento são soldadas e não permitem remoção nem troca como em um PC.

“Se você conseguir atualizar a memória congelando-a com nitrogênio líquido e depois a lendo em um dispositivo específico, é possível acessar todos os dados. É por isso que em todos os dispositivos Surface a memória não é fisicamente atualizável. Queremos garantir que a memória não possa ser adulterada", explica.

É bom lembrar que notebooks semelhantes de marcas como Lenovo, Dell e HP usam a entrada Thunderbolt há anos. Nesses casos, porém, elas utilizam a proteção em nível kernel, curiosamente feita pela Microsoft para o Windows 10. Segundo o pessoal do The Verge, o webinar vazado é verdadeiro e o funcionário em questão é um especialista nos dispositivos Surface que atua na Microsoft há mais de 10 anos. A empresa, entretanto, não quis se manifestar a respeito do caso.

Fonte: The Verge

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.