Softbank cria novo fundo de investimentos em inteligência artificial

Por Felipe Ribeiro | 26 de Julho de 2019 às 22h10
Getty Images

O banco japonês SoftBank anunciou nesta sexta-feira (26) seu segundo grande fundo para investir em empresas que desenvolvem tecnologias de inteligência artificial em todo o mundo. A contribuição total esperada para o SoftBank Vision Fund 2, que conta com o aporte de outros parceiros, é de US$ 108 bilhões ( equivalente a R$ 407 bilhões), com base em uma série de memorandos de entendimento. Somente o banco pretente investir US$ 38 bilhões (R$ 143,2 bilhões).

Fazem parte deste fundo empresas como Apple, Microsoft, Foxconn, Standard Chartered Bank, Mizuho Bank, Sumitomo Mitsui Banking Corporation e MUFG Bank, além da Corporação Nacional de Investimentos do Banco Nacional do Cazaquistão e investidores de Taiwan. As ausências mais sentidas neste segundo fundo foram os governos da Arábia Saudita e Abu Dhabi, que eram os principais patrocinadores do primeiro Vision Fund.

De acordo com fontes anônimas entrevistadas pelo Wall Street Journal na última quarta-feira (24), a Arábia Saudita e Abu Dhabi indicaram que devem investir novamente, mas com valores bem menores do que os US$ 45 bilhões (R$ 169,6 bihões) que foram aportados da primeira vez.

O SoftBank disse, no entanto, que a contribuição total antecipada de capital deverá aumentar, pois existem outras negociações com potenciais participantes. Se os parceiros já citados cumprirem seus compromissos financeiros, o segundo fundo deverá arrecadar mais do que os US$ 100 bilhões (R$ 377 bilhões) do primeiro. Portanto, a meta de US$ 108 bilhões é bem sóbria.

O primeiro Vision Fund é conhecido por investir bilhões de dólares em empresas globais de tecnologia e telecomunicações. O fundo, que entregou cerca de 45% de retorno aos sócios após taxas em uma base de patrimônio líquido, investiu em empresas como Uber, Slack, The We Company (anteriormente conhecida como WeWork), bem como na Flipkart.

Em maio, o CEO do Softbank, Masayoshi Son, disse em uma teleconferência de resultados que o Vision Fund 2 tinha como objetivo igualar o tamanho de seu antecessor.

Depois deste anúncio, as ações do SoftBank Group subiram 0,59% no pregão matinal.

Fonte: CNBC

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.