Mercado Pago oferece parcelamento via código QR enquanto espera Pix Garantido

Mercado Pago oferece parcelamento via código QR enquanto espera Pix Garantido

Por Roseli Andrion | Editado por Claudio Yuge | 09 de Setembro de 2021 às 19h00
Divulgação

A adesão ao sistema de pagamentos instantâneos (Pix) do Banco Central do Brasil (Bacen) é bastante alta. Lançado em novembro de 2020, ele atingiu 313.271.201 de chaves cadastradas em 31 de agosto de 2021. Uma das opções da solução é o Pix Garantido, que ainda aguarda lançamento.

Enquanto a função não está disponível, o Mercado Pago oferece a possibilidade de pagamento parcelado por meio de código QR mediante uma taxa de juros — que vai variar conforme o valor da venda e o score de risco do cliente. O teste da função vai considerar os setores de vestuário e saúde, que têm tíquete médio mais alto e maior índice de parcelamento.

Inicialmente, a empresa se uniu a redes de farmácias e outros varejistas para integrar o Pix na plataforma. Drogaria SP e Drogaria Pacheco, por exemplo, já podem receber dos consumidores instantaneamente pelo serviço. Varejistas de moda, como C&A e Renner, também devem participar da ação.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Imagem: Reprodução/Agência Brasil/Marcello Casal

Rodrigo Furiato, diretor de carteira digital do Mercado Pago, diz que a empresa já tem essa solução em outros fluxos, como na recarga de celular e na compra do Mercado Livre. “Nossa carteira de crédito para consumidores cresceu muito recentemente. Agora queremos oferecer essa possibilidade para compras de maior valor, como em farmácias e no varejo de moda”, informa.

Para incentivar a adesão, o Mercado Pago tem oferecido desconto: cupons levam consumidores aos sites e aos aplicativos dos parceiros. “É um pilar muito importante tanto para os vendedores quanto para os clientes. Com o Pix, além de ter um meio de pagamento mais barato, o varejista tem uma ferramenta de venda, de marketing mesmo, quando implementa o código QR”, avalia Furiato.

Fonte: Valor Investe

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.