Linux Journal, revista para fãs de sistema open source, fecha as portas

Por Rafael Arbulu | 08 de Agosto de 2019 às 13h30
(Imagem: Reprodução/Linux Journal)

O liberalismo econômico tem um simples ditado: “não existe almoço grátis”. E tal qual rege a frase, onde não há gasto do consumidor, o produto final tende a desaparecer. Esse é o caso da Linux Journal, a revista gratuita destinada aos usuários do sistema operacional de código aberto, criado por Linus Torvalds e Richard Stallman em 1991.

Segundo post no blog oficial da publicação, assinado pelo editor-chefe Kyle Rankin, a holding responsável pela publicação da revista já não conta com mais nenhum fundo para continuar as operações. Toda a equipe foi demitida ontem (7) e a revista parou seu funcionamento completamente. O site deve permanecer no ar por algum tempo, “para fins de arquivamento”, segundo espera o editor.

Citando o blog:

“Depois de morrermos e sermos revividos, tudo parecia que, finalmente, pudéssemos, logo menos, caminhar com nossas próprias pernas. Infelizmente, não ficamos suficientemente saudáveis em tempo suficientemente rápido, e quando percebemos que dependeríamos de nossas próprias forças, simplesmente não conseguimos fazê-lo.

Então cá estamos, dando o nosso segundo, muito mais desconfortável ‘adeus’. E o que acontece agora? Nós nos demos os apropriados abraços durante a nossa primeira despedida, vamos nos abraçar de novo desta vez? Fazemos o ‘aperto-de-mão-que-vira-meio-que-um-abraço-com-um-só-braço? Nos limitamos a acenar e sorrir?

Não seria correto dizer ‘adeus’ sem reconhecer a maravilhosa comunidade da Linux Journal, pela qual nós fomos abençoados e que se mantiveram conosco ao longos dos anos e nos encorajaram tanto durante a nossa primeira despedida”.

Imagem que abre o post de despedida da Linux Journal: por falta de fundos, revista para fãs do sistema operacional open source deixa de ser publicada

Kyle Rankin refere-se à primeira vez que a revista de fato “morreu”, em meados de 2017, pelas mesmas razões. Pouco tempo depois de ele próprio ter anunciado, também com um post no blog oficial, a morte da publicação, a revista acabou revivida nos mesmos moldes. Entretanto, dois anos se passaram e a saúde financeira esperada pelos gestores não veio, o que leva à despedida do público mais uma vez.

A revista, ao contrário do sistema operacional Linux, era distribuída e publicada sob custo, tal qual a maioria dos negócios editoriais que se vê mundo afora. Porém, a base de usuários Linux investia cada vez menos na aquisição de novas edições, dando preferência ao compartilhamento gratuito de conhecimento sobre o mercado open source em fóruns online.

“Enfim, muito obrigado por ficar conosco. De verdade, nós tentamos tudo o que podíamos para fazer disso um sucesso, e eu sinto muitíssimos por não ter funcionado. Pessoalmente, eu agradeço ao restante da equipe da Linux Journal. Não poder mais trabalhar e papear com vocês será a parte mais difícil disso, de longe”, finaliza Kyle.

A última edição (Agosto/2019) trazia na matéria de capa um artigo aprofundado sobre DevOps.

Última edição da Linux Journal trazia na capa matéria sobre DevOps (Imagem: Reprodução/Linux Journal)

Fonte: Linux Journal

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.