Google quer incorporar a Nest à sua divisão de hardware para enfrentar a Amazon

Por Redação | 30 de Novembro de 2017 às 17h29
Tudo sobre

Amazon

A concorrência com a Amazon em produtos relacionados à automação doméstica está fazendo com o que a Google reorganize suas empresas. Hoje, a gigange está sob o guarda-chuva da Alphabet.

Depois do lançamento da câmera de segurança própria da Amazon, totalmente integrada com as linhas Echo e Fire, a Google está procurando formas de reduzir a distância e encontrar sistemas que funcionem tão bem como os de sua concorrente.

Uma das medidas que deverm ser confirmadas pela empresa é a absorção da Nest pela sua divisão de hardware. Refrescando a memória, a Nest é a fabricante de dispositivos domésticos e de segurança que foi adquirida pelo Google em 2014 por US$ 3,2 bilhões. Desde então, a empresa ficou como uma subsidiária até 2015, quando surgiu a Alphabet. Então, Nest e Google se tornaram "empresas irmãs", ao lado de outras companhias, como Waymo, a divisão de carros autônomos.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Competição

O que a Google procura é melhorar o sistema de integração entre seus produtos e os da Nest, para se tornar mais competitivo com a Amazon. Hoje, essa compatibilidade já existe. As câmeras da Nest se conectam ao Google Assistant, por exemplo, assim como os controles de temperatura.

Apesar das críticas feitas pela equipe da Nest sobre a separação de 2015, os movimentos dentro da Alphabet são contínuos. A cadeia de suprimentos das duas empresas se uniu em 2016, e 100 funcionários da Nest foram transferidos para a Google.

As equipes de marketing e relações públicas e o departamento jurídicos permanecem separados.

Fonte: Android Police

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.