Google investe US$ 2,6 bilhões e adquire startup de análise Looker

Por Rafael Arbulu | 11 de Junho de 2019 às 19h05
(Imagem: Repodução/Techcrunch)
Tudo sobre

Google

Saiba tudo sobre Google

Ver mais

A Google anunciou ontem (6) a aquisição da startup de analytics Looker, pelo valor de US$ 2,6 bilhões. Com a compra, a empresa será integrada à Google Cloud, porém continuará fornecendo suas capacidades de análise de dados para diversos fornecedores de tecnologia em nuvem, incluindo as concorrentes diretas da Google, como Microsoft (Azure) e Amazon (AWS).

A Looker já vinha atraindo olhares do mercado quando elevou a sua valoração de capital para a casa de US$ 1,6 bilhão após receber um investimento de US$ 103 milhões há seis meses. Ao ser incorporada à Google Cloud, mas mantendo a independência de seu produto, a startup baseada em Santa Cruz, Califórnia, espera ganhar a escala da plataforma Google Cloud, atualmente a terceira colocada no ranking de fornecedores de serviços em computação de nuvem.

Organograma da condução de negócios da Google após a aquisição da Looker (Imagem: Divulgação/Google)

“O que estamos alavancando aqui, em termos de sinergia com o Google Cloud, é o fato de que essa revolução na infraestrutura de dados, junto dos benefícios advindos da moda do Big Data, veio de forma muito rápida, escalável — e agora na nuvem —, simples de ser implementada na infraestrutura”, disse o CEO da Looker, Frank Bien.

Thomas Kurian, o líder da equipe Google Cloud, disse em uma coletiva de imprensa sobre a aquisição que “a combinação [das duas empresas] traz uma plataforma de analytics de ponta-a-ponta para conectar, coletar, analisar e visualizar dados através da Google Cloud, Azure, AWS, bases de dados on premise e aplicações ISV”. Ele ainda ressaltou que ambas as empresas têm muito em comum e se conhecem há anos: “Nós temos diversos clientes em comum com os quais trabalhamos. Uma das coisas mais interessantes dessa aquisição é que as duas empresas se conhecem há muito, muito tempo, nós compartilhamos da mesma cultura”, ele disse.

Essa é a primeira grande manobra financeira da Google Cloud desde que Kurian assumiu as rédeas da divisão, no final de 2018. Apesar das partes em comum — clientes, cultura, negócios —, a aquisição da Looker deve servir para aumentar a fatia de mercado pertencente à Google.

Como de costume, a negociação está sujeita à aprovação das entidades regulatórias do governo dos Estados Unidos. A tramitação deve ser finalizada, segundo expectativas, até o final de 2019.

Fonte: Techcrunch

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.