Amazon anuncia novo centro de distribuição em Pernambuco no começo de 2020

Por Fidel Forato | 12 de Dezembro de 2019 às 19h15
Tudo sobre

Amazon

Saiba tudo sobre Amazon

Ver mais

Em pleno processo de expansão pelo país, a Amazon anuncia, hoje (12), seu primeiro Centro de Distribuição (CD) brasileiro na região Nordeste, em Pernambuco, que estará em pleno funcionamento ainda no primeiro trimestre de 2020. Depois que chegou ao Brasil, em 2012, esta será sua primeira operação física fora do estado São Paulo. Já que seu primeiro CD foi na cidade de Cajamar e, nos últimos meses, outros dois foram implementados também em território paulista.

A nova operação será instalada no centro logístico Armazenna Suape, no município de Cabo de Santo Agostinho, na Grande Recife, e deve facilitar bastante as opções de frete grátis e rápido para clientes da região Nordeste do país. Inclusive, os membros Prime, que vivem na região, terão uma experiência melhorada do serviço.

Com o novo CD, a Amazon será capaz de aperfeiçoar seu atendimento para uma parcela significativa de clientes, acelerando a entrega para a região de milhares de produtos, que estarão armazenados localmente. Além disso, passará a oferecer a entrega em até 2 dias para cinco capitais do Nordeste. São elas: Recife, João Pessoa, Natal, Maceió e Fortaleza.

Amazon anuncia que instalará o primeiro CD na região Nordeste do país

Como foi o anúncio?

“Nós estamos felizes em levar mais conveniência aos consumidores brasileiros e em contribuir para a economia da região. O anúncio de hoje representa o compromisso de longo prazo da Amazon com o Brasil e principalmente, com nossos clientes em todo o País”, comenta Alex Szapiro, Presidente da Amazon no Brasil.

“Além de oferecermos entrega mais rápida para o Nordeste, clientes do Amazon Prime, programa de benefícios que lançamos em setembro, poderão usufruir dessa rapidez no envio com frete grátis em qualquer pedido”, esclarece o executivo da companhia norte-americana.

Para o governador do estado Paulo Câmara (PSB), a novidade é promissora. “Estamos satisfeitos que a Amazon tenha escolhido Pernambuco para sediar seu mais novo centro de distribuição no Brasil. Esse investimento, tendo em vista a qualidade das instalações, ajudará a impulsionar a nossa economia, gerando emprego e renda, além de reforçar a nossa condição de hub natural do Nordeste”.

Ricardo Pagani, diretor de operações da Amazon Brasil, deixa claro que a companhia não vai descansar tão cedo e que tem planos de crescimento no país. "Continuaremos a expandir nossa rede no Nordeste e no Brasil para seguir surpreendendo com uma entrega cada vez mais rápida e precisa”, comunica.

A partir da abertura do Centro de Distribuição em Pernambuco, a Amazon criará novos postos de emprego, tanto direta quanto indiretamente, que se somarão à força de trabalho dos outros 3.200 funcionários, atualmente contratados pela companhia.

Fonte: Amazon (imprensa)

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.