Chefe da divisão do PlayStation diz que Sony e Microsoft não têm parceria

Por Thaís Augusto | 22 de Maio de 2019 às 22h20
Reprodução

O chefe da divisão de games da Sony, Jim Ryan, esclareceu na terça-feira (21) que não existe uma parceria entre a empresa e a rival Microsoft. De acordo com o executivo, as companhias ainda trabalham em um "amplo memorando de entendimento".

Na semana passada, Sony e Microsoft anunciaram planos para uma parceria estratégica em games e serviços de nuvem. Como noticiado pelo Canaltech, as primeiras conversas não passam de planos, que podem (ou não) se concretizar.

A declaração de Ryan foi realizada durante conversa com investidores e serviu para acalmar os ânimos do mercado. No dia anterior, uma reportagem da Bloomberg afirmou que o anúncio de uma possível parceria pegou a divisão de PlayStation de surpresa.

Enquanto isso, o chefe do Xbox, Phil Spencer, enfatizou a parceria e disse estar empolgado com a chance de "perseguir nossas ambições mútuas para games e encantar jogadores ao redor do mundo".

De acordo com Ryan, o "amplo memorando de entendimento" entre as empresas inclui várias áreas, não apenas a de streaming de games. O executivo conta que, na semana anterior, Sony e Microsoft apenas assinaram um documento onde se compremetiam a explorar possíveis parcerias – que também pode ser interpretado como o primeiro passo para uma parceria em definitivo.

Embora tudo indique que Sony e Microsoft possam trabalhar juntas no futuro, muito pode acontecer para prejudicar a parceria. Por um lado, a cultura diferente de ambas as empresas pode impedir um acordo mútuo e benéfico. E mesmo que isso não aconteça, uma força externa, como um governo e reguladores do mercado, podem interferir na parceria internacional.

Durante a conversa com investidores, Ryan também destacou que a Sony acredita que uma futura parceria com a Microsoft seria algo a proporcionar um "grande benefício" para as duas empresas.

Presidente e CEO da Sony, Kenichiro Yoshida, com Satya Nadella, CEO da Microsoft ao assinarem "amplo memorando de entendimento" (Foto: Divulgação)

Fonte: Coin DropBloomberg

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.