Versão 76 do Chrome impedirá que sites detectem o modo incógnito

Por Rafael Arbulu | 14 de Junho de 2019 às 14h15
Tudo sobre

Google

Saiba tudo sobre Google

Ver mais

Alguns sites conseguem implementar ferramentas que impedem o acesso e navegação por eles por meio do modo incógnito dos navegadores. Entretanto, isso deve acabar com a próxima versão do Chrome, navegador da Google.

Segundo Paul Irish, que trabalha como desenvolvedor independente para a Chrome Dev Tools, a versão 76 do browser da Google (atualmente na versão Canary, para desenvolvedores) deve impedir o funcionamento destas ferramentas.

O modo incógnito de navegação serve para impedir certos trackers e funções de rastreamento dos dados do usuário. Alguns websites implementam esses recursos no intuito de gerar anúncios e veicular informações mais próximas do perfil de quem os acessa, com base em fatores como histórico de navegação, páginas acessadas, gostos estipulados em redes sociais etc.

Chrome ganhará ferramentas que impedem a detecção do modo incógnito em nova versão

Pelo modo incógnito, a maior parte dos canais não consegue visualizar esse tipo de informação, efetivamente impedindo que anúncios sejam exibidos corretamente, isso se forem exibidos. Alguns sites, porém, criaram formas de “burlar” isso: ao detectar o modo incógnito, o site automaticamente se torna inacessível.

Outros recursos prometidos pelo Chrome 76 incluem um melhor combate a janelas pop up, barrar completamente o acesso a sites baseados em Flash, e automaticamente acionar o modo escuro, caso os sites tenham essa opção.

O Chrome 76 Canary já pode ser baixado pela sua página oficial.

Fonte: Paul Irish (via Twitter)

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.