Mozilla cria extensão para Firefox que impede rastreamento do Facebook

Por Felipe Demartini | 27 de Março de 2018 às 12h00
TUDO SOBRE

Mozilla

O Firefox ganhou nesta semana um novo recurso que “isola” a navegação no Facebook do restante da utilização do navegador. O complemento pode ser baixado gratuitamente nas versões mais recentes do browser para PC e foi desenvolvido pela própria Mozilla em resposta ao escândalo Cambridge Analytica, que está relacionado ao uso dos dados dos usuários para fins de publicidade direcionada.

O “Facebok Container”, como é chamado, faz exatamente o que o nome indica – mantém o uso da rede social isolado do restante do navegador, permitindo que ela seja utilizada mesmo fora de abas anônimas. A plataforma, entretanto, é impedida de acessar dados como histórico de utilização da web, páginas abertas e outros recursos que seriam usados para acompanhamento e entrega de propagandas.

Com o complemento, apenas a utilização do próprio Facebook continua sendo entregue como métricas para a rede social. Suas páginas, curtidas, comentários e tudo mais continuarão a ser rastreados, mas como aponta a Mozilla, a ideia é justamente essa – conter o alcance da rede social sobre a vida dos usuários ao mínimo possível.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Tanto o acesso direto à plataforma quanto links que levem diretamente a ela passam a ser exibidos em uma aba com bordas azuis, que a diferencia do restante do browser. Enquanto isso, no restante da web, botões como o que permite o login pelo Facebook ou de compartilhamento de conteúdos externos na rede social deixam de ser exibidos, enquanto, nos bastidores, outros mecanismos de bloqueio entram em funcionamento.

É uma alternativa, então, para outras medidas mais drásticas, como apagar o perfil completamente, ou trabalhosas, como o uso de abas anônimas que exigem login o tempo todo e acabam dificultando a experiência. O download é gratuito e a ativação é feita automaticamente, após o complemento ser baixado.

Fonte: Mozilla

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.