Microsoft anuncia pausa no lançamento de novas versões do Edge

Por Rafael Arbulu | 24 de Março de 2020 às 11h45
Microsoft

A Microsoft seguiu a rota do Google e, tal qual o Chrome, também vai paralisar o desenvolvimento e lançamento de novos recursos para o Edge, concentrando-se apenas no lançamento de atualizações de segurança. A empresa tomou a decisão sob a mesma justificativa de seu concorrente: lançar novos recursos em meio ao avanço do novo coronavírus pelo mundo apenas adicionaria um stress maior às equipes de desenvolvimento, que já estão trabalhando remotamente (home office) devido à atual pandemia.

A informação foi confirmada pela Microsoft em um post no seu blog oficial, onde diz que a mudança também vale para colocá-la em maior sincronia com o calendário do projeto Chromium, o motor de desenvolvimento que serve como base para diversos navegadores de internet, como o Edge e o Chrome, o Vivaldi e o Brave, para citar alguns.

Microsoft não vai atualizar o Edge com novos recursos enquanto a pandemia durar: empresa se limitará a lançar patches de segurança para o navegador

“Nós estamos promovendo essa alteração para ter maior consistência com o projeto Chromium, que recentemente anunciou uma pausa para reajustar seu calendário, e também pelo desejo de minimizar qualquer impacto adicional para desenvolvedores web e organizações que possam ser similarmente afetadas”, diz o post. “Nós continuaremos a entregar updates de segurança e estabilidade para o Microsoft Edge 80. Canais de testes e previews (como as versões Canary, Dev e Beta) seguirão as atualizações em seu curso normal”.

A implementação de novos recursos em um software requer um ambiente ideal de testes antes de ir a público, envolvendo, geralmente, avaliações de versões em vários sistemas operacionais e condições específicas de monitoramento do comportamento da aplicação. Dado o crescente volume de profissionais remanejados para trabalho remoto devido à COVID-19, a doença derivativa do coronavírus, as condições para atualizações completas não são as mais indicadas.

O Chrome também será impactado por medidas parecidas, concentrando-se nas correções de segurança e evitando, por enquanto, a chegada de novos recursos para a versão 80 do browser. A empresa de Mountain View ainda concede que o sistema operacional móvel Android também pode ser afetado em seu rumo de atualizações, novamente citando o avanço do novo coronavírus como motivo.

Fonte: Microsoft

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.