Google vai remover mineradores de criptomoedas da Chrome Web Store

Por Ramon de Souza | 02 de Abril de 2018 às 15h29
TUDO SOBRE

Google

A Google está apertando o cerco contra golpistas de criptomoedas. Após anunciar a proibição de anúncios sobre o assunto em todos os seus serviços, a Gigante das Buscas avisou nesta segunda (2) que também não permitirá mais a publicação de extensões ou apps de mineração na Chrome Web Store, loja virtual de extensões para o navegador Chrome e para o sistema operacional Chrome OS. A decisão afeta softwares que trabalham com Monero, Ethereum, Bitcoin ou qualquer outro token virtual.

De acordo com a companhia, até agora, as políticas da Chrome Web Store permitiam plugins de mineração que tinham como propósito principal gerar quantias de criptomoedas para o usuário, informando-o adequadamente sobre seus recursos e termos de uso. Porém, ao perceber que 90% dos scripts submetidos à loja descumpriam tal regra, a Google decidiu proibir de vez a existência desses aplicativos no seu marketplace.

Embora a companhia não tenha citado especificamente tal termo, é bem provável que a medida tenha sido aplicada para evitar maiores problemas com softwares que praticam cryptojacking — ou seja, que fingem servir para alguma outra coisa, mas, na verdade, “sequestram” a capacidade computacional do PC minerando moedas secretamente para o seu criador. Esse tipo de “malware” tem se tornado cada vez mais comum.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

A Gigante das Buscas deixou claro que outros tipos de extensões relacionadas a criptomoedas — como carteiras e aplicativos baseados em blockchain — não serão afetadas. Embora a proibição de novos add-ons esteja valendo já a partir de hoje, scripts que já estejam publicados na Chrome Web Store serão removidos aos poucos; a ideia é limpar a loja até o mês de junho.

Fonte: Chromium Blog

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.