Google promete mais transparência em anúncios com nova extensão do Chrome

Por Felipe Junqueira | 04 de Agosto de 2020 às 09h00
Felipe Junqueira/Canaltech
Tudo sobre

Google

Saiba tudo sobre Google

Ver mais

Uma nova extensão do Google promete mais transparência em relação aos anúncios exibidos na web. Disponível em alfa para o Chrome, o complemento Ads Transparency Spotlight já pode ser baixado e instalado pela Web Store.

De acordo com a Gigante das Buscas, a extensão deve mostrar a quantidade de anúncios carregados, a empresa que anuncia, empresas de tecnologias que exibem conteúdo na página e dados do utilizados para mostrar a publicidade. Os dados incluem, mas não se limitam a, demografia, interesses, remarketing e localização.

Na primeira fase de testes, o Google diz que somente anúncios que atendem à política “Schema de divulgação de anúncios” do próprio AdSense serão exibidos, ou seja, nada de propagandas de outras plataformas, por enquanto. A esperança da empresa é que todos adotem este estilo, que facilita a transparência, organizando os dados coletados e utilizados para a exibição de uma publicidade.

“Com o tempo, esperamos que o resto da indústria adote o Schema de divulgação de anúncios em suas publicidades”, declarou a empresa, em uma nota na página do GitHub.

Quem coleta seus dados

Complemento promete "dedurar" anunciantes em páginas web (Imagem: Divulgação/Google)

Talvez a questão mais importante da nova extensão é que torna mais transparente quais empresas acessam os seus dados de navegação. O complemento mostra quantos anúncios foram carregados e, talvez a informação essencial, quais entidades exibem conteúdo dentro da página.

Uma vez que o carregamento puxa informação de algum servidor, é possível que alguns dados sejam coletados. Por isso é importante saber as entidades presentes em uma página web, pois assim você pode ter um controle maior das empresas que estão de olho na sua navegação. A extensão ainda traz links para a política de cada companhia acessada, incluindo o que ela coleta e armazena.

O complemento é uma tentativa do Google de atender exigências da União Europeia quanto à transparência na internet ao mesmo tempo em que freia leis mais duras neste sentido. A Gigante das Buscas também tenta trocar o sistema de anúncios atual, que é muitas vezes comparado a uma "terra sem lei", e tenta reduzir a quantidade de cookies de terceiros.

A intenção da empresa passa também por introduzir uma nova tecnologia de bloqueio de anúncios ruins e de promoção daqueles que respeitam as regras do jogo.

Bom notar que, enquanto o Google lança uma extensão que promete maior transparência nos anúncios exibidos em páginas da web, a própria companhia fez um esforço para reduzir a eficácia de bloqueadores de anúncios. Em outras palavras, ela quer “domesticar” a publicidade na internet, sem prejudicar os sites que tentem sobreviver com esta receita.

Como saber a origem dos anúncios do Chrome

O Ads Transparency Spotlight ainda está em uma fase bem preliminar de testes, mas já pode ser instalado pela Chrome Web Store. Veja como instalar e utilizar o complemento no tutorial abaixo.

Passo 1: instale a extensão diretamente da Web Store, clicando aqui.

Passo 2: entre no site que você quer verificar ou recarregue a página, caso já esteja com a aba aberta.

Com a extensão instalada, recarregue a página e clique no ícone apontado pela seta (Imagem: Felipe Junqueira/Captura de tela)

Passo 3: clique no ícone da extensão. Um pop-up vai abrir com as informações disponíveis.

Uma lista de anunciantes e entidades presentes na página será exibida (Imagem: Felipe Junqueira/Captura de tela)

Lembre-se que ainda é uma versão muito inicial do complemento, e que apenas publicidade que atende às exigências mais recentes do próprio Google aparecem na extensão. É muito possível que páginas cheias de anúncios não tenham a publicidade detectada pela ferramenta neste momento.

Fonte: Google

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.