Google começa a liberar Chrome 75 com novidades para desenvolvedores

Por Se Hyeon Oh | 04 de Junho de 2019 às 22h10
Tudo sobre

Google

Saiba tudo sobre Google

Ver mais

A Google anunciou nesta terça (4) que começou a liberar a versão mais recente do seu navegador Chrome para Mac, Windows e Linux. O Chrome 75 não traz grandes alterações para os usuários, mas acrescenta novas ferramentas e recursos aos desenvolvedores de plantão.

Prova disso está na listagem dos Service Workers no gerenciador de tarefas. Esses arquivos de JavaScript não são muito conhecidos pelo público em geral, mas são executados em segundo plano, sem nenhuma interação com o usuário, e servem para apresentar notificações por push, sincronização em segundo plano, entre outros recursos off-line. Eles poderão ser consultados nas configuração do navegador e acessando a categoria de Mais ferramentas.

O menu de Privacidade e Segurança também ganha uma ferramenta para gerenciar chaves de segurança. Quando uma dessas chaves for conectada via USB, agora será possível criar um PIN para proteger os dispositivos conectados. Há também a opção de apagar todos os dados da chave de segurança, incluindo o PIN, caso seja necessário.

Para melhorar a navegação com gestos, o Chrome 75 adiciona suporte para Scroll Snap Stop. Ele permite que os desenvolvedores designem uma posição de “parada” nas rolagens horizontais das galerias de imagens, para que elas não acabem ignorando uma imagem, por exemplo. Dessa forma, caso o usuário realize um gesto consideravelmente grande, o scroll não irá “rolar” até a última imagem disponível, levando-o apenas para a próxima foto.

Além disso, o Site Isolation agora é aplicado a todos os usuários do navegador em desktop. Com o objetivo de solucionar o problema de CPU do Spectre, esse recurso renderiza o conteúdo de cada página da web aberta em um processo dedicado e separado. A versão 67 do ano passado deu aos administradores de empresas a capacidade de optar pela medida de segurança devido a problemas de compatibilidade que surgiram em alguns domínios. Essa opção foi removida no Chrome 75 depois que o Google "resolveu os problemas reportados".

O Chrome 75 para desktops está sendo distribuído aos poucos e, caso ainda não tenha conseguido realizar a atualização, fique tranquilo pois ela estará disponível para você em breve. A Google ainda afirmou que as versões para Android e Chrome OS serão liberadas nas próximas semanas.

Fonte: 9to5googleChrome Status

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.