Google anuncia que vai criptografar DNS no Chrome e desagrada operadoras

Por Nathan Vieira | 02 de Outubro de 2019 às 09h42

Assim que a versão 78 do Google Chrome for lançada, um suporte experimental ao DNS-over-HTTPS (DoH) já existente no navegador passará a vir ativado por padrão. O recurso executa a resolução remota do DNS através do protocolo HTTPS e criptografa as solicitações de conexão para aumentar a privacidade. Embora seja uma notícia bem recebida pelo público, acabou não agradando muito as operadoras de telecomunicações.

Na prática, isso significa que ninguém conseguirá descobrir quais sites você está acessando, pois o DoH emite requisições criptografadas de resolução de nomes, traduzindo-os para números IP. E é justamente essa a questão que está gerando críticas das operadoras e provedores, não conseguirão mais ter fácil acesso ao tráfego dos usuários.

Com a mudança, não vai ser tão fácil que terceiros acessem o tráfego do usuário

As grandes operadoras enviaram uma carta ao congresso americano alegando que a novidade vai “interferir em larga escala em funções críticas da internet, bem como causar problemas com competição de dados”. A carta ainda diz que o Google quer centralizar as requisições de DNS em vez de espalhá-las nas centenas de servidores disponíveis na internet:

“Ao se interpor entre os provedores de DNS e os usuários do Chrome (mais de 60% de participação mundial) e Android (mais de 80% de participação mundial de sistemas operacionais móveis), o Google ganhará maior controle sobre os dados dos usuários nas redes e dispositivos em todo o mundo. Isso poderia inibir os concorrentes e possivelmente barrar a competição na publicidade e em outros setores”.

Em resposta, o Google disse que o Chrome 78 só ativará a nova tecnologia se a pessoa já estiver com um DNS compatível com o DoH. Os usuários que mantiverem o DNS padrão da operadora continuarão fornecendo seus dados normalmente.

Fonte: Ars Technica

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.