MWC 2019 | Huawei apresenta o Mate X, o dobrável "mais fino do mundo"

Por Adriano Ponte | 24 de Fevereiro de 2019 às 13h33
Adriano Ponte
Tudo sobre

Saiba tudo sobre Huawei Mate X

Ficha técnica

Direto do Mobile World Congress 2019*

Em pleno domingão, a Huawei não perdeu tempo e apresentou uma de suas mais esperadas apostas para 2019: o Mate X, o modelo dobrável da chinesa. O aparelho já chega com o novo chip 5G da companhia, batizado de Balong 5000, e segundo a Huawei, ele é o smartphone mais rápido com a tecnologia.

Além de ser rápido no 5G, é rápido também em carregamento. Segundo a empresa, o Mate X conta com um carregador SuperCharge de 55W, o que o torna capaz de carregar 85% do total em apenas 30 minutos.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Toda a conferência da Huawei pode ser vista no vídeo abaixo (se quiser pular direto para o Mate X, comece o vídeo em 1:20:00).

Características

"O smartphone dobrável mais fino do mundo". Foi assim que a Huawei fez a propaganda de seu Mate X no MWC. Inaugurando a linha dobrável da companhia, o Mate X traz o conceito de "smartphone que vira tablet" com apenas 11 mm de espessura em "modo smartphone". Dobrado assim, ele exibe 6,6 polegadas de tela, com 2480 x 1148 pixels de resolução, na proporção de 19,5:9. Já no "modo tablet", a tela se transforma e ganha um total de 8 polegadas, com resolução de 2480 x 2200 pixels.

Specs de tela do Mate X (Foto: Adriano Ponte/Canaltech)

Quando dobrado, é interessante ver que o smartphone fica com uma tela principal e outra secundária, na parte traseira, inclusive com a câmera. E por falar em câmera, a Huawei revelou que são quatro no total, apesar de não ter dito nada a respeito de suas especificações. O que dá pra matar logo de cara é que as lentes usadas são Leica, como exibido no próprio dispositivo.

Parrudo em bateria, mas não em biometria

Para alimentar o Mate X, temos duas baterias, totalizando 4.500 mAh, além do carregador SuperCharge (já mencionado), com conexão USB-C na parte inferior do dispositivo.

O smartphone não parece contar com reconhecimento facial, apenas com leitor de impressão digital. Esse sensor fica localizado na parte lateral do dispositivo, onde geralmente o usuário posiciona o polegar.

Detalhe para o leitor de digitais na lateral (Foto: Adriano Ponte/Canaltech)

Dual-SIM

Já em termos de telefonia, temos aqui um gigante com suporte a Dual-SIM, para "conectividade global", segundo a empresa. O Mate X traz uma gaveta com suporte a dois Nano SIMs ou um Nano SIM e um NM Card. O primeiro conta com suporte 2G, 3G, 4G e 5G, e o segundo apenas com 2G, 3G e 4G.

Tecnologia proprietária

A Huawei apostou anos de pesquisa e desenvolvimento para criar um smartphone específico, dobrável e expoente em seu portfólio de produtos com componentes da casa. Desde o mecanismo de dobra até o chip 5G, o Mate X é praticamente um exclusivo em termos de engenharia.

A grande diferença do modelo está no seu mecanismo de dobra, 100% desenvolvido pela Huawei. Ao dobrar o telefone, você consegue, por exemplo, tirar uma foto da pessoa que está do outro lado — porque a câmera fica no display traseiro — ao mesmo tempo que ela já se vê na tela, como um espelho de selfie.

Espelho de selfie (Foto: Adriano Ponte/Canaltech)

O dispositivo não tem câmera frontal. É necessário virar o telefone para você e usar o painel traseiro, que é onde a câmera está instalada, caso você queira fazer uma selfie para postar nas redes sociais. Telvez pelo fato de carregar as câmeras apenas na parte traseira, as telas não são iguais dos dois lados, ou seja, são displays assimétricos. Segundo a Huawei, o Mate X é o único dobrável lançado até hoje com essa característica. E por falar em característica de displays, o pessoal da Huawei bateu muito na tecla de aproveitamento de tela: as duas são 100% preenchidas, o tempo todo.

O Huawei Mate X chega ao mercado em meados de 2019, primeiramente na Europa, pelo valor de € 2.299 (aproximadamente R$ 9.830 na conversão direta) apenas na cor Azul Interestelar.

*O jornalista viajou a Barcelona para cobertura do evento

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.