Spotify passa a filtrar músicas que contenham palavras de baixo calão

Por Ramon de Souza | 23 de Abril de 2018 às 18h00
Divulgação

O Spotify, maior plataforma de streaming de músicas do mundo, adicionou de forma discreta um novo recurso bastante curioso em seus aplicativos oficiais. A partir de agora, usuários do serviço poderão configurá-lo para que ele ignore completamente faixas cujas letras contenham palavras de baixo calão. A funcionalidade é destinada especialmente para aqueles momentos em que os pais deixam a conta nas mãos de crianças, impedindo que elas consumam melodias com temática adulta.

Até então, tudo o que o Spotify fazia era indicar, com a tag “Explicit”, que a faixa em questão continha palavrões. Porém, isso não era suficiente para evitar algumas situações embaraçosas, e logo começaram a surgir algumas petições online pedindo para que a plataforma adicionasse algum tipo de proteção. Uma das mais famosas foi criada por Nicola Ford, uma mãe que afirma ter passado por momentos constrangedores quando seus filhos foram ouvir através da plataforma as músicas que eles costumavam ouvir no rádio. Isso porque as rádios tradicionais têm como hábito censurar essas palavras impróprias (coisa que não é padrão nos serviços de streaming).

Infelizmente, o recurso — que só está disponível para assinantes Premium — apenas impede que o player toque as faixas impróprias, em vez de substituí-las por versões censuradas, como acontece no rádio. Procurado pela BBC, o Spotify afirmou que a funcionalidade ainda está em fase beta (ou seja, de testes) e deve ser aprimorada em um futuro breve.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Fonte: BBC

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.