Rumor | Dona do TikTok deve lançar rival do Spotify ainda em 2019

Por Rafael Arbulu | 21 de Maio de 2019 às 12h33
(Imagem: Divulgação/ByteDance)

A chinesa ByteDance, conhecida no mercado como a dona do TikTok, deve entrar no mercado de streaming musical ainda em 2019, segundo informações da agência Bloomberg. A comapnhia já teria assegurado direitos de transmissão de artistas pertencentes a diversas gravadoras e produtoras indianas, como Times Music e a “somos-maiores-que-o-PewDiePie” T-Series.

A ideia é lançar um app não derivativo do TikTok (ou seja, ao menos no primeiro momento não haverá conexão entre eles) para atacar mercados emergentes, sobretudo países onde os líderes do setor — Spotify e Apple Music — ainda não asseguraram uma presença mais sólida.

Dona do TikTok deve lançar serviço de streaming musical ainda em 2019

As informações vêm de fontes que pediram pelo anonimato devido à sua proximidade com o projeto, mas fazem sentido se considerarmos a recente e agressiva expansão das ofertas da ByteDance. Além do TikTok (que, por si, já foi baixado mais de 500 milhões de vezes), a gigante chinesa também conta com o Flipchat, um app de mensagens que alia chats e videochamadas em um feed similar ao de uma rede social sob a ideia de permitir que fãs discutam vários temas em fóruns dedicados.

O próprio TikTok tem um certo peso na indústria musical devido à sua popularidade: a música Old Town Road, uma parceria entre o rapper Lil’ Nas X e Billy Ray Cyrus (o pai de Miley Cyrus), tornou-se meme e ganhou inúmeros seguidores por causa do app.

Segundo a Bloomberg, o suposto app não será um mero “clone” de streamers de música, mas pode ter seu foco destinado ao aspecto social, destacando interações de comunidade. A ByteDance não assegurou direitos de reprodução de nenhuma produtora de renome, o que deve ser a razão do direcionamento do projeto para locais onde Spotify e Apple Music não sejam tão evidentes. Preços não foram estimados, mas podemos arriscar que o serviço, se real, deverá custar menos que os concorrentes.

A ByteDance não comentou os rumores.

Fonte: Bloomberg

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.