Tesla quer se tornar uma fornecedora de energia elétrica no Reino Unido

Por Rui Maciel | 04 de Maio de 2020 às 13h30
Electrive
Tudo sobre

Tesla

Saiba tudo sobre Tesla

Ver mais

Além de produzir carros, a Tesla quer explorar uma nova área: a de energia. Pelo menos é isso que a montadora pretende no Reino Unido, ao solicitar uma licença para se tornar uma fornecedora de energia elétrica na região. As informações são do jornal The Telegraph.

De acordo com a publicação, a empresa norte-americana solicitou junto ao órgão regulador do Reino Unido uma licença "para gerar eletricidade". No entanto, o pedido de autorização não esclarece por que a Tesla a solicitou. Fontes do setor afirmam que é provável que a companhia queira entrar no mercado de britânico para oferecer sua tecnologia de fabricação de baterias, um negócio já bem consolidado por ela nos últimos anos.

Para ficar em outro exemplo de expansão nesse setor, na Austrália, a Tesla projetou a maior instalação de armazenamento de energia de íons de lítio do mundo, capaz de armazenar energia suficiente para abastecer 30 mil residências. Os especialistas prevêem que essas baterias de grande escala serão essenciais no futuro para gerenciar a demanda de energia, à medida que os combustíveis fósseis forem eliminados.

"Se você é fabricante de veículos elétricos, também pensaria que a Tesla também estaria muito interessada ​​em oferecer um plano de energia", disse Martin Young, analista de energia da Investec.

Uma fonte da empresa afirmou ao The Telegraph que outro objetivo da licença pode ser a introdução da plataforma Autobidder, também desenvolvida pela Tesla. A plataforma atuaria como uma intermediária, agregando geradores de energia renovável diversos e comercializando sua energia para usuários finais e o setor corporativo.

Carros e residências

Sem muito alarde, a Tesla também firmou recentemente uma parceria com a Octopus Energy, uma fornecedora de energia que oferece tarifas de consumo projetadas especificamente para quem tem carros elétricos da marca.

A Tesla já possui parceria com uma companhia britânica na área de energia: a Octopus Energy (Crédito da foto: Divulgação)

Com o nome de Tesla Energy Plan, trata-se de uma tarifa de energia projetada especificamente, tanto para os proprietários de veículos da Tesla que possuem painéis solares, quanto para quem possui paineis da marca Powerwall (também de propriedade da Tesla) instalados em suas residências. Segundo a Octopus, o plano oferece aos clientes eletricidade 100% limpa e economia de até 75% em comparação às chamadas "tarifas Big 6" - baseada no consumo de eletricidade de 8.000 kWh / ano.

Ainda de acordo com as ambas as empresas, as tarifas mais baixas de eletricidade são obtidas a partir da combinação do gerenciamento inteligente de carregamento de veículos elétricos e de energia solar das casas que possuem os paineis. Isso porque os sistemas da Powerwall e de carregamento dos carros estão conectados à plataforma de administração de energia da Tesla. Ela permite que qualquer material armazenado pelo Powerwall seja exportado de volta para a rede pública de energia.

Contatada pelo The Telegraph, a Tesla se recusou a comentar a respeito do pedido de licença.

Fonte: The Telegraph

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.