Nubank anuncia três startups selecionadas para fundo de incentivo de R$ 1 milhão

Nubank anuncia três startups selecionadas para fundo de incentivo de R$ 1 milhão

Por Roseli Andrion | Editado por Claudio Yuge | 14 de Junho de 2021 às 18h20
Nubank

{Parças}, OnlineOS e TeamHub são as três primeiras startups selecionadas pelo Nubank para receber investimentos do fundo Semente Preta, que busca incentivar a diversidade no ambiente de inovação e tecnologia no Brasil. A iniciativa pretende destinar R$ 1 milhão para startups brasileiras criadas por empreendedores negros até o fim de 2021.

A ideia é selecionar empresas que tenham impacto positivo no mercado em que atuam e estejam em estágio de validação de seu produto mínimo viável (MVP). O Semente Preta considera startups dos setores de serviços financeiros, dados, pessoas, marketing digital, jogos, software, aplicativos e programação, entre outros.

Imagem: Reprodução/Elements/DC_Studio

David Vélez, CEO e fundador do Nubank, explica que o Semente Preta tem o objetivo de fomentar um ambiente de tecnologia que reflita a pluralidade que existe no país. "O que estamos fazendo com o Semente Preta é mostrar para o mercado que startups lideradas por empreendedores negros existem e são excelentes. Espero que iniciativas como essa se multipliquem e o ecossistema de venture capital entenda a importância do que estamos fazendo agora", completa Monique Evelle, consultora de inovação do Nubank e empreendedora.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

O que fazem as escolhidas

Criada por Alan Almeida, a {Parças} quer "transformar as penitenciárias brasileiras em células de crescimento pessoal". Para isso, promove cursos de programação para que esse público possa atuar no mercado — que sofre com deficiência de oferta de mão de obra.

Hoje, a startup tem mais de uma dezena de pessoas dedicadas ao projeto em tempo integral. A expectativa é que, até o fim de 2021, mil alunos passem por seus cursos. “Nossa expectativa é que, em 15 anos, todas as penitenciárias brasileiras sejam uma célula de transformação e qualificação profissional.”

Outra selecionada, a TeamHub, foi idealizada por Tatiana Santarelli. Com experiência de 20 anos no mercado de Gestão de Pessoas, ela criou a empresa, que é voltada para projetos de boas práticas organizacionais. "Descomplicamos a gestão da cultura organizacional, com um processo dinâmico, interativo e acessível a todos", afirma. O investimento do Semente Preta deve ser aplicado em marketing, tecnologia e ampliação da equipe.

Já a proposta da OnlineOS, de Isaque Cruz e Rafael Alves, é ser um sistema de baixo custo para auxiliar as operações de pequenos negócios. Com o aporte do Nubank, eles pretendem expandir a carteira de clientes e financiar o crescimento da área de tecnologia da empresa.

Isaque Cruz e Rafael Alves, da OnlineOS (Imagem: Divulgação/Nubank/Pedro Ribeiro)

Além do suporte financeiro, o banco digital vai oferecer sessões de mentoria com diferentes equipes do banco aos empreendedores. Os selecionados vão ter, ainda, a oportunidade de trocar experiências e se relacionar com outros players. As inscrições para a próxima rodada de seleção já estão abertas e vão até setembro deste ano.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.