Nova rodada de investimentos fará Nubank ser avaliado em US$ 10 bilhões

Por Rui Maciel | 26 de Julho de 2019 às 16h45
Tudo sobre

Nubank

Saiba tudo sobre Nubank

Ver mais

O Nubank está negociando para levantar uma nova rodada de investimentos, nos valor US$ 400 milhões. Com isso, a fintech será avaliada em mais de US$ 10 bilhões, sendo a primeira startup nacional a ter esse valuation, sem precisar abrir seu capital na Bolsa de Valores.

A rodada de investimentos está sendo liderada pela TCV, fundo que tem participação em gigantes da Tecnologia, como Airbnb, Facebook e Netflix. Caso ela seja fechada o valuation do Nubank seja confirmado, a fintech será a primeira startup brasileira a chegar à marca de US$ 10 bilhões, além de se tornar a mais valiosa da América Latina. Além disso, seria a primeira vez que a TVC faz um aporte em uma companhia da região.

Nubank passa a ser a startup mais valiosa da América Latina

Além da TVC, fundos que já investiram no Nubank também participarão deste aporte. Entre eles, estão a chinesa Tencent, a Sequoia Capital e a Dragoneer, entre outras.

O último financiamento da empresa ocorreu no segundo semestre do ano passado e foi liderado pela Tencent, que avaliou a empresa em US$ 4 bilhões. Naquela época, o Nubank já era a startup mais valiosa da América Latina.

Expansão e crescimento

O valor do aporte será usado para financiar a expansão e o crescimento do Nubank em outros países da América Latina. Além do Brasil, a fintech já tem filiais no México e Argentina, onde a empresa começa a oferecer produtos ao público até o final do ano e começo de 2020 respectivamente, sob a marca Nu.

Além disso, o Nubank também pretende aumentar seu quadro de funcionários para atender a demanda. Atualmente, a companhia tem 1.700 colaboradores em seu staff, mas pretende atingir 2.500 até o final do ano. As vagas serão oferecidas na matriz, em São Paulo, além de Argentina, México e Berlim, onde mantém um centro de engenharia.

NuConta: o Nubank quer concorrer com os maiores bancos do Brasil

Há cerca de um mês, o Nubank atingiu a marca de 10 milhões de clientes, sendo que 70% deles já são usuários da NuConta, uma conta corrente semelhante a de bancos tradicionais, com acesso a débito, empréstimos pessoais e até investimentos em títulos do próprio banco.

A notícia sobre novos investimentos do Nubank foi divulgada no momento em que o Banco Inter, única fintech listada na Bolsa, planeja captar R$ 1 bilhão por meio de uma oferta de ações, também com o objetivo de sustentar sua expansão. No entanto, em números de clientes, a instituição ainda está atrás do Nubank: ela possui 2,5 milhões de correntistas e seu valor de mercado até esta quinta-feira (25) era de R$ 8,5 bilhões (US$ 2,25 bi).

Fonte: Wall Street Journal

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.