LG G4 terá tela curvada e quer rivalizar com o Galaxy S6

Por Redação | 22.04.2015 às 13:14

Enquanto o dia 28 de abril parece cada vez mais longe de chegar, os vazamentos e informações não confirmadas não param. Enquanto a LG aguarda a chegada da data para, finalmente, revelar ao público o G4, seu novo smartphone de topo de linha, novidades vindas diretamente da Coreia dão conta de que ele não apenas será mesmo um grande rival para o Samsung Galaxy S6 – pelo menos na visão da fabricante –, mas terá um display sutilmente curvado.

Essa característica já podia ser observada nas imagens que foram divulgadas sem querer pela LG. Agora, porém, temos mais detalhes sobre ela. Estamos diante de uma tela que terá inclinação apenas no eixo Y, ou seja, em sua extensão vertical, e com um raio de 3000 mm. O tamanho pode parecer grande, mas na verdade, é bastante sutil e semelhante ao que encontramos em modelos que já estão no mercado, como o Magna e o Spirit, por exemplo.

A diferença é que a curvatura do display tem um objetivo a mais do que a estética. Além de ampliar a imersão dos usuários durante a utilização, ele também vai proteger o aparelho contra a destruição que normalmente é causada pelas quedas. Com esse formato sutilmente côncavo, apenas as extremidades tocariam no chão e ficariam mais sujeitas a riscos e quebras, em vez de todo o corpo do aparelho.

Seria uma preocupação com a segurança que também se estende ao próprio corpo do LG G4. Com suas capas traseiras de plástico, borracha e outros materiais como o couro, mais uma vez, a fabricante coloca em prática uma abordagem que vai além da estética. O objetivo é garantir que o smartphone não rache ou quebre com facilidade, um problema que parece ser cada vez mais comum quando se fala em dispositivos com telas gigantes.

Por enquanto, claro, nada confirmado. A LG continua em silêncio e vendo praticamente todas as informações sobre o G4 vazando para a imprensa, com a perspectiva de, na data, realizar um evento mais de confirmação do que de anúncio. De qualquer maneira, é lá que saberemos qual a verdade sobre o dispositivo e, o que acaba importando mais no fim das contas: a data e o preço de lançamento do smartphone.

Fontes: Business Korea, Phone Arena