Cofundador do Twitter Jack Dorsey renuncia ao cargo de CEO da rede social

Cofundador do Twitter Jack Dorsey renuncia ao cargo de CEO da rede social

Por Dácio Castelo Branco | Editado por Claudio Yuge | 29 de Novembro de 2021 às 16h10
MarketWatch

Jack Dorsey, um dos cofundadores do Twitter, anunciou nesta segunda-feira (29) que está renunciando ao seu cargo de CEO da rede social. A informação, inicialmente divulgada pela CNBC, foi confirmada pelo próprio executivo através de uma carta tuitada em seu perfil.

Na carta, Dorsey afirma se opor a ideia de que o CEO de uma companhia tem que ser seu fundador, e anuncia que o atual Diretor de Tecnologia (CTO) do Twitter, Parag Agrawal, será seu sucessor no cargo.

Além da mudança de CEO, a carta de Dorsey também afirma que Bret Taylor, atual presidente da Salesforce, empresa de soluções na nuvem, será o novo presidente do Conselho de Diretores do Twitter, sucedendo Patrick Pichette.

A mudança de CEO parece ter agradado o mercado, com as ações do Twitter registrando uma alta de 3,36% pouco após a matéria da CNBC, quando chegaram ao valor de US$ 48,65 (cerca de R$ 273,09), até terem sua negociação temporariamente suspensa pelo fato relevante da confirmação da renúncia.

A mudança de CEO vem no momento em que o Twitter está caminhando para tentar bater suas metas internas de crescimento. Segundo anunciado pela companhia no começo de 2021, seu objetivo é dobrar seu lucro anual até o final de 2023, indo de US$ 3,7 bilhões (R$ 20,7 bilhões) em 2020 para US$ 7,5 bilhões (R$ 42,1 bilhões) ou mais.

Não é a primeira vez

Jack Dorsey saiu do cargo de CEO do Twitter pela primeira vez em 2008. (Imagem: Reprodução/Twitter)

Essa não é a primeira vez que Jack Dorsey sai do cargo do CEO de Twitter. Em 2008, ele abandonou esta posição para virar o presidente do Conselho de Diretores da plataforma.

Dorsey ocupou a presidência do Conselho até 2015, quando assumiu como CEO interino do Twitter após a renúncia de Dick Costolo. Poucos meses depois, ele assumiu permanentemente o cargo, onde ficou até essa segunda-feira (29). Além de CEO do Twitter, Dorsey também é dono e CEO da empresa de pagamento digitais Square, fundada em 2009.

Fonte: CNBC

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.