Cabify deverá iniciar operações no Rio de Janeiro durante Olimpíada

Por Redação | 11 de Agosto de 2016 às 15h05
Tudo sobre

Opera

A empresa espanhola de transportes urbano via aplicativo Cabify pretende iniciar suas operações no Rio de Janeiro ainda neste mês de agosto, durante os Jogos Olímpicos. De acordo com o diretor de Operações da Cabify Brasil, Daniel Velazco-Bedoya, o lançamento dos serviços da empresa na cidade já estava sendo planejado e coincidiu com a realização da Olimpíada.

No Brasil, a empresa atua apenas na cidade de São Paulo desde junho deste ano. Visto que ainda não há regulamentação deste tipo de transporte no Rio de Janeiro, a Cabify pretende atuar através de uma liminar judicial caso haja alguma oposição da prefeitura — o Uber já opera desta forma na cidade. Para a Cabify, existe uma incoerência entre as leis federais e municipais, o que permitiria a operação da empresa na cidade.

"O caráter da legislação municipal bate com a federal, tem um problema de jurisdição. Baseado nisso, a gente tem confiança de entrar (no mercado carioca), inclusive com o nosso time legal apresentando uma liminar", afirmou. Velazco-Bedoya contou também que a Cabify está em contato com as autoridades municipais, em um esforço para que consiga uma regulamentação dos serviços de transporte na cidade.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Enquanto isso não acontece, a empresa já iniciou seus preparativos para o lançamento e anunciou que cerca de 5 mil candidatos se inscreveram para trabalhar como motoristas no Rio de Janeiro. Todos eles ainda devem passar por um processo de seleção antes de se tornarem parceiros da plataforma.

A empresa também prevê o início das operações em outras cidades, como Belo Horizonte e Porto Alegre, nas próximas semanas, sendo que, na capital gaúcha, motoristas já passaram pelo processo seletivo da companhia. Embora não divulgue qualquer informação sobre a quantidade de motoristas atuando no país, Velazco-Bedoya afirmou que os projetos de expansão da empresa continuam evoluindo.

Fonte: Reuters

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.