Bill Gates se inspira na Microsoft para reinventar o banheiro

Por Redação | 07 de Fevereiro de 2018 às 18h35

Bill Gates tem uma nova missão. Depois de dominar o mundo dos computadores, com o onipresente Windows, o bilionário agora pretende reinventar uma instalação básica em todas as casas, mas que bilhões de pobres não têm: o banheiro.

A proposta é levar banheiros para populações que não têm acesso a água limpa e saneamento. Cerca de 2,4 bilhões de pessoas em todo o mundo vivem sob essas condições. Para ajudar a resolver esta questão, a Fundação Bill e Melinda Gates está financiando um modelo de banheiro que funciona sem água, e que será instalado em áreas urbanas pobres.

Ele espera resolver ou ao menos minimizar esse problema em dez anos. Gates disse que o tempo em que passou à frente da Microsoft foi o estímulo para resolver a questão com persistência.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Por meio da sua Fundação, Gates lançou um desafio: a criação de banheiros sem água e que custam menos de 5 centavos por dia para operar. Eles não podem usar eletricidade e água corrente. Isso começou em 2011 e, agora, sete anos depois, Gates está testando os protótipos vencedores em áreas na Índia e na África.

Um dos mais recentes foi o banheiro batizado como The Nano Membrane Toilet, desenvolvido na Universidade de Cranfield, da Inglaterra. Após duas bolsas recebidas da Fundação, a instalação está sendo testada em Gana. 

Veja no vídeo como esse banheiro funciona.

Mortes no mundo

Um levantamento feito pelo Centro de Controle de Doenças, agência norte-americana que monitora questões ligadas à saúde, mostra que 88% das mortes em todo o mundo são decorrentes de doenças diarréicas. Esses casos podem ser atribuídos a água insalubre, falta de higiene e de saneamento.

As doenças originadas desses problemas são a segunda maior causa de morte de crianças de até 5 anos. Elas matam mais do que Aids, malária e sarampo combinados.

Fonte: Business Insider

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.