Após acordo com WhatsApp, Whatsshare muda nome para Suiteshare

Por Redação | 22 de Maio de 2019 às 10h30

A Whatsshare veio a público nesta quarta-feira (22) informar que está alterando o nome da empresa para Suiteshare.

Em comunicado oficial, a companhia afirmou que o novo nome “inaugurará uma nova fase na empresa, que possibilitará maior independência e mais resultado para os seus clientes”.

Os principais motivos para a mudança a alteração no nome foram:

  • Lançamento da nova plataforma com mais funcionalidades para vendas e atendimento no WhatsApp, desenvolvidas a partir do feedback de mais de 15.000 empresas cadastradas na plataforma. A Integração com ferramentas de CRM para transformar conversas no WhatsApp em uma oportunidade no pipeline de vendas é uma delas;
  • Pensamento no futuro: Liberdade para recriar as mesmas soluções para outros aplicativos de comunicação como o Telegram, Messenger e etc. A visão da empresa é de ajudar empresas a consquistas clientes e fechar vendas independente de qual é o aplicativo de comunicação mais popular do mundo no momento;
  • Acordo com o departamento jurídico do WhatsApp no Brasil para mudança de nome de Whatsshare para Suiteshare;
  • A expansão internacional com o lançamento dos sites nas versões em Inglês e Espanhol;
  • O recebimento de aporte financeiro da Aceleradora Ventiur e entrada de novos sócios do ramo de tecnologia.

“A companhia irá continuar aprofundando seus esforços em soluções para o WhatsApp com o intuito de oferecer cada vez mais inovações e soluções que deem resultado para seus clientes e parceiros no Brasil e no exterior”, ressalta o comunicado.

Os fundadores realizaram uma conferência na manhã de hoje para contar mais detalhes para os usuários da plataforma sobre as novas funcionalidades, integrações com outras ferramentas do mercado e a mudança da marca.

Fundada pelos amigos Maicon Ferreira, Marcelo Wagner e Marlon Cândido, os principais objetivos da Suiteshare são: atrair mais clientes para o WhatsApp de empresas, capturar os dados dos clientes (como nome, e-mail e telefone, por exemplo) para integrar com ferramentas de automação de e-mail marketing e/ou CRM de vendas, distribuir os clientes para mais de um atendente de forma organizada (como se fosse uma central de atendimento), ter controle total sobre as conversas e analisar as métricas de atendentes e do perfil do clientes.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.
Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.