Gartner prevê queda de gastos globais com TI em 2013

Por Redação | 02.07.2013 às 19:13

A empresa de análise de mercado Gartner reduziu suas expectativas de crescimento para os gastos globais em TI ao longo de 2013. Agora ela acredita que o aumento será de apenas 2%, enquanto seu relatório inicial divulgado no início do ano previa um crescimento de 4,1%.

Por meio de um comunicado emitido pelo Gartner nesta terça-feira (02), a empresa disse que a redução "reflete, principalmente, o impacto das recentes flutuações nas taxas de câmbio do dólar dos Estados Unidos". As informações são do InfoWorld.

Vendas mais fracas ainda estão previstas para o mercado de dispositivos, que de acordo com o comunicado da Gartner, deve crescer apenas 2,8%, um rebaixamento considerável perante os 7,9% previstos anteriormente pela empresa. De acordo com Richard Gordon, analista da Gartner, o principal motivo da redução na expectativa é o contínuo declínio nas vendas de PC.

Novos dispositivos devem chegar ao mercado no segundo semestre de 2013, o que não deixará tempo suficiente para que eles compensem a fraqueza subjacente do mercado de PCs tradicionais. Por outro lado, as vendas de tablets devem crescer 38,9% e as de telefones celulares 9,3% ainda este ano. No total, a receita global proveniente de dispositivos será de US$ 695 bilhões em 2013.

No mundo corpotativo, os softwares de CRM devem impulsionar a demanda do mercado de softwares empresariais, que tem uma previsão de crescimento de 6,4% este ano, atingindo a marca de US$ 304 bilhões. As vendas de sistemas de data centers também devem subir, aumentando 2,1% e atingindo US$ 143 bilhões de receita. Já o setor de telecom deve crescer 0,9%, para US$ 1,6 trilhão. "A banda larga fixa está mostrando um crescimento maior que o esperado", disse a Gartner. Em 2012, os gastos com telecomunicações caíram 0,7%.

A empresa de análise de mercado deve discutir maiores detalhes de suas previsões durante um webcast que acontece na próxima terça-feira (09).