Nível de gases de efeito estufa na atmosfera bate recorde preocupante

Por Natalie Rosa | 07 de Maio de 2018 às 16h53
photo_camera Reprodução

A atmosfera da Terra está saturada de gases de efeito estufa, mais do que qualquer outro registro já feito anteriormente na história. Pela primeira vez, segundo relatório de dados coletados pelo observatório Mauna Loa, no Havaí, a quantidade de dióxido de carbono, aquele responsável pelo aquecimento global, ultrapassou a marca de 410 ppm (partes por milhão) em um mês inteiro.

O observatório já havia alertado para o aumento do nível de dióxido de carbono no ar em 2017, e, com esse novo recorde, é possível entender que mesmo com os pontos positivos no ganho de energia renovável e eficiência energética, os gases do efeito estufa continuam a prejudicar a atmosfera, aumentando as chances de haver novos eventos climáticos, tornando-os mais intensos e causando a elevação do nível do mar, entre outras consequências desastrosas.

A marca de 410 ppm é um aumento de quase 30% desde que a medição começou a ser feita, ainda em 1958, quando os níveis ainda estavam em 315 ppm. 

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Seguindo o crescimento, a previsão é que este século chegue ao fim com taxas de gases de efeito estufa entre 450 e 500 ppm, o que, de acordo com cientistas, pode significar desastres naturais sem precedentes.

Fonte: Mashable

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.