O "pai da internet" afirma que redes sociais precisam ser regulamentadas

Por Ramon de Souza | 13 de Março de 2018 às 12h59
photo_camera W3C

Quando Tim Berners-Lee fala alguma coisa, você deve parar para escutar. O cientista britânico foi o responsável por criar a World Wide Web, sendo o atual diretor do World Wide Web Consortium (W3C). E, em sua mais recente declaração polêmica, Berners-Lee afirmou que precisamos criar uma regulamentação para impedir que “gigantes da tecnologia” como Google, Facebook e Twitter acabem transformando a internet em uma verdadeira arma.

“Nos últimos anos, temos visto teorias da conspiração sendo tendências nas redes sociais, contas falsas no Facebook e no Twitter causando tensões sociais, atores externos interferindo nas eleições e criminosos roubando dados pessoais”, comenta o cientista em uma carta aberta para comemorar o aniversário de 29 anos da web. “O que um dia era uma seleção rica de blogs e sites foi compactado sob o poder de algumas poucas plataformas dominantes”, afirma.

Berners-Lee não acredita que, por si só, as empresas são capazes de reduzir os problemas que elas ocasionam, pois estarão sempre querendo maximizar seus lucros em vez de priorizar o bem-estar social. “Uma estrutura legal ou regulatória que leve em conta os objetivos sociais pode ajudar a diminuir essas tensões”, finaliza.

Fonte: The Guardian

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.