Walmart processa Tesla após 7 lojas pegarem fogo por causa de painéis solares

Por Se Hyeon Oh | 20 de Agosto de 2019 às 22h30
Tudo sobre

Tesla

Saiba tudo sobre Tesla

Ver mais

Apesar de a Tesla ser uma montadora, a empresa também produz painéis solares desde que absorveu a SolarCity, em 2016, e tinha como uma das principais clientes a rede de varejo Walmart. Destaque para o termo “tinha”, pois parece que a relação entre as empresas acabou azedando.

O Walmart processou a companhia de Elon Musk após sete de suas lojas terem pegado fogo, acusando a Tesla de negligenciar procedimentos de segurança e de entregar serviços que não atendiam aos padrões industriais, relatando detalhes como falhas no aterro de sistemas elétricos e solares.

Além disso, o Walmart reclama também de painéis que apresentavam “defeitos visíveis”, bem como dos técnicos que realizavam a manutenção preventiva dos equipamentos, descrevendo-os como sendo pessoas que "não tinham o treinamento nem o conhecimento básico sobre a tecnologia de energia solar".

Como forma de ressarcimento pelos prejuízos, a rede de varejo pede que a Tesla não apenas pague pelos danos causados pelos incêndios, como também exige a remoção dos equipamentos das mais de 240 lojas espalhadas pelos EUA. Considerando que Elon Musk vem se esforçando para viabilizar o negócio baseado em energia renovável, é muito provável que a sua empresa vá tentar lutar na justiça e minimizar a imagem negativa, mas, até o momento parece que a Tesla “queimou o filme” mesmo.

Fonte: Engadget

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.