Qualcomm diz que Apple já deve US$ 7 bilhões em pagamento de royalties

Por Jessica Pinheiro | 30 de Outubro de 2018 às 14h20

Em mais um capítulo da briga entre a Apple e a Qualcomm, a fabricante de chips afirmou que o valor que poderá ser cobrado pela tecnologia patenteada usada em iPhones e iPads está ficando cada vez mais alto. Em uma audiência realizada nesta última sexta-feira (26), que aconteceu em um tribunal federal em San Diego, a Qualcomm afirmou que a Apple está atualmente devendo US$ 7 bilhões em royalties. “O circo está pegando fogo e há US$ 7 bilhões em danos à propriedade”, afirmou o advogado da fabricante de chips, Evan Chesler.

Isso porque, no ano passado, a Apple, por meio de seus fabricantes, suspendeu os pagamentos de royalties para a Qualcomm, o que causou um confronto entre as duas gigantes de tecnologia desde então. Esse embate já se transformou em pelo menos 100 processos judiciais em todo o mundo.

O objetivo da Qualcomm é retirar todas as 56 reclamações relacionadas a patentes e reconvenções de um processo judicial com a Apple e seus fabricantes asiáticos. O argumento é que essas reclamações e reconvenções são demonstrações de disputas mais amplas de licenciamento entre as empresas.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Já a Apple defende que a Qualcomm está usando sua propriedade intelectual para intimidar os clientes a pagar royalties excessivos, além de ignorar se suas patentes são válidas. O advogado da Maçã, Ruffin Cordell, afirmou ao juiz que a fabricante de chips não pode sair impune com isso.

Fonte: Bloomberg

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.