Nintendo processa RomUniverse por violação de direitos autorais

Por Nathan Vieira | 11 de Setembro de 2019 às 16h18
Nintendo
Tudo sobre

Saiba tudo sobre Nintendo Switch

Ficha técnica

Na última terça-feira (10), a Nintendo entrou com uma ação contra o proprietário do site RomUniverse, sob a acusação de “violação em grande escala dos direitos de propriedade intelectual da Nintendo”, com indenizações no valor de US$ 150 mil (R$ 609 mil) para cada violação de direitos autorais e até US$ 2 milhões (R$ 8 milhões) para cada violação de marca comercial.

Acontece que o site RomUniverse supostamente permite que os usuários baixem um número ilimitado de jogos piratas, chamados de ROMs. Durante o processo, a Nintendo afirma que o RomUniverse está "entre os hubs on-line mais visitados e notórios para videogames Nintendo pirateados", com direito a quase 300 mil downloads nos jogos oferecidos para o Nintendo Switch e mais de 500 mil downloads de jogos para o Nintendo 3DS. De acordo com a acusação, o site RomUniverse fornece acesso tanto jogos novos da Nintendo quanto os antigos.

O site RomUniverse fornece download ilegal de jogos novos e antigos da Nintendo, como jogos para Nintendo Switch e 3DS

Vale lembrar que essa não é a primeira providência tomada pela empresa japonesa fabricante de jogos eletrônicos contra a pirataria. Acontece que a Nintendo venceu recentemente um processo no Reino Unido que exige que os provedores de serviços de internet Sky, BT, EE, Talktalk e Virgin Media bloqueiem o acesso a quatro sites diferentes que oferecem jogos piratas do Nintendo Switch.

Na ocasião, um representante da Nintendo disse ao portal norte-americano Eurogamer: "Esta decisão ajudará a proteger a indústria de jogos do Reino Unido e os mais de 1.800 desenvolvedores em todo o mundo que criam jogos para a plataforma Nintendo Switch, e que dependem de vendas legítimas de jogos para sua subsistência e para continuar trazendo conteúdo de qualidade aos jogadores".

Além disso, em novembro de 2018, a Nintendo também chegou a processar os proprietários dos sites LoveROMs e LoveRETRO, tirando-os do ar. Pouco tempo depois, a Nintendo venceu o processo, que envolvia acusações semelhantes a essas feitas contra o RomUniverse, o que rendeu mais de US$ 12 milhões (o equivalente a R$ 48 milhões) para a fabricante de jogos eletrônicos.

Fonte: Polygon

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.