Desenvolvedora de Candy Crush quer obter US$ 533 milhões com abertura de capital

Por Redação | 12 de Março de 2014 às 17h29

A King, desenvolvedora de grandes sucessos mobile como Candy Crush Saga, Farm Heroes e Pet Rescue, atualizou seu pedido de abertura de capital junto à Comissão de Títulos e Câmbio dos Estados Unidos. Agora, a empresa pretende captar cerca de US$ 533 milhões com a venda de 22,2 milhões de ações, a valores iniciais que devem variar entre US$ 21 e US$ 24.

De acordo com informações do site TechCrunch, a mudança se deu devido ao sucesso contínuo principalmente de Candy Crush, que em fevereiro de 2014 mantinha uma marca de 97 milhões de jogadores diários e mais de um bilhão de partidas a cada 24 horas. O título é o principal nome da empresa que, na soma de todos os outros jogos, conta com 144 milhões de usuários e vê seus games sendo jogados mais de um bilhão de vezes todos os dias.

As microtransações – compra de vidas, melhorias e outros itens virtuais em troca de dinheiro real – continuam sendo a grande fonte de renda da King. Recentemente, porém, a empresa também começou a permitir a exibição de anúncios em seus jogos, o que, ao lado do sucesso meteórico de Candy Crush, levou o faturamento de US$ 164 milhões em 2012 para US$ 1,88 bilhão no ano passado.

A aposta é na continuidade desse cenário de crescimento e no uso do dinheiro obtido com as ações em investimentos internos para a criação de jogos inéditos e novas funções para os já existentes. Para a agência Reuters, porém, trata-se também de um movimento em busca de uma possível aquisição, já que a abertura de capital pode tornar a companhia ainda mais interessante e facilitar a obtenção de controle, mesmo que parcial, da empresa.

Ainda não existe data prevista para a abertura dos papeis da desenvolvedora. Na Bolsa de Nova York, ela passará a operar sob a sigla KING.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.