Site cria um divertido "gerador de desculpas" para explicar brechas de segurança

Por Nathan Vieira | 07 de Novembro de 2019 às 11h12
avira

Um site resolveu encarar com muito humor a situação de ter a segurança comprometida. Intitulado Why the f*** was I breached? (Em tradução livre: Por que c****** eu fui invadido?), ele permite que o visitante clique em um botão para gerar uma explicação no mínimo excêntrica do porquê a violação aconteceu.

"Você acabou de perder 100 milhões de SSNs de clientes porque sua senha era 'senha', definiu um bucket S3 como público ou não corrigiu uma vulnerabilidade conhecida por 8 meses? A mídia e o governo estão te rejeitando por causa disso? Não se preocupe! Nosso gerador de desculpas gratuito o ajudará a desenvolver uma declaração de violação rapidamente", brinca a descrição do site.

O site, minimalista, conta apenas com a situação hipotética e o comando para gerar as explicações para a falha na segurança

Além da piada, o site é um convite para refletir sobre os problemas de segurança que conhecemos todos os dias, violações de privacidade de empresas e usuários que ocorrem, muitas vezes, devido à falta de zelo, além de senhas fracas, sem atualizações, e medidas de segurança insuficientes. A página dá explicações engraçadas ao usuário, como "os chineses usavam abelhas ciborgues para interromper parcialmente nossos serviços" ou "Os ativos estrangeiros usavam de 30 a 50 porcos selvagens para violar nossos servidores de alta segurança. Mas, desde então, trabalhamos com a aplicação da lei, por isso nunca mais acontecerá", ou "Os Norte-coreanos usavam uma vulnerabilidade no Windows XP SP1 para nos fazer queimar. Mas, desde então, contratamos um russo, por isso nunca mais acontecerá" e até "Os Norte-coreanos usavam botnets para espionar nosso banco de dados. Mas, desde então, assistimos o filme Hackers 8 vezes consecutivas, por isso não vai acontecer novamente".

Acesse o site e brinque de gerar as explicações mais insanas a respeito das falhas. 

Fonte: Genbeta

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.