O que significa a expressão cringe?

Por Guadalupe Carniel | Editado por Bruno Salutes | 22 de Junho de 2021 às 13h40
Foto: Sergey Zolkin (Unsplash)

Se você acompanha constantemente as redes sociais, em especial o Twitter, já deve ter se deparado com o termo “cringe” (uma gíria que, em inglês, significa vergonhoso) e que tomou grandes proporções em um conflito entre as gerações Z e Millenials.

Apesar de estar em alta agora, ele já era utilizado em 2011 para definir músicas de artistas pops que tinham produções bem toscas e abaixo dos padrões da indústria fonográfica.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

O uso atual do termo envolve falar de situações constrangedoras ou desconfortáveis passadas por um determinado grupo de pessoas, comumente chamado de “vergonha alheia”. As pessoas da chamada geração Z (GenZ ou pós-Millenials) usa a palavra cringe para falar sobre hábitos dos millenials que são considerados ultrapassados ou antigos. Com isso, surgiram listas que apresentam características de cada geração que para o outro grupo são vistas como vergonhosas.

O termo cringe atualmente é usado referente a alguma característica considerada vergonha (Imagem: Guadalupe Carniel/Captura de tela)

Sendo assim, os usuários que fazem parte do GenZ usaram o Twitter para elaborar listas do que faz parte do cotidiano millenial e é considerado “cringe” por eles, tais como, pagar boletos, beber cerveja litrão, usar calça skinny, tomar café da manhã, usar emojis sem ser em situações irônicas, utilizar Facebook, assistir telejornais e achar que fds é final de semana, usar hashtags ou pontuações em publicações, ser fanático por café, gostar de Friends, entre outras situações.

Além disso, a palavra cringe tem se popularizado nas redes sociais e sendo aplicado em diversos conteúdos, memes e até letras de músicas.

Mas o que significa Geração Z e Millennials?

No caso, da Z, são as pessoas que nasceram a partir de 1995, consideradas uma geração digital e totalmente conectada, já que desde cedo foram expostos às redes sociais e à tecnologia. Já os Millenials (ou geração Y), são os que nasceram entre a década de 1980 e 1994, fazendo a transição entre diversos meios analógicos para o digital.

Cada geração recebe um nome conforme a época em que nasce, recebendo assim uma classificação sociológica, após a Segunda Guerra Mundial. Atualmente, além das outras duas gerações citadas acima, temos outras duas: os Baby Boomers (nascidos entre 1946-1964), Geração X (1965-1980).

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.