Google trabalha em nova plataforma para vagas de emprego, sugere patente

Por Daniele Cavalcante | 30 de Julho de 2019 às 07h27

Parece que a Google está desenvolvendo uma plataforma de ofertas de empregos mais sofisticada. Uma patente registrada pela companhia sugere que o serviço, chamado de Clockwork, ofereceria recursos como “postar, distribuir e exibir oportunidades de emprego", voltados às empresas que desejam contratar novos funcionários.

Para os que procuram trabalho, a plataforma também traria a opção de enviar currículos, assinar alertas para vagas de emprego de seu interesse, pesquisar e se inscrever diretamente para as oportunidades disponíveis. Por fim, o Clockwork também poderia incluir gerenciamento de funcionários em nuvem e um software para agendamento de pessoal.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Os registros do Clockwork foram realizados pela Google em 2018, no Reino Unido e… em Tonga. Se você não sabe onde fica, é exatamente por isso que a companhia escolheu esse conjunto de ilhas no Pacífico para registrar algo que ninguém deveria saber que existe. Essa é uma tática usada por empresas muito grandes que tentam esconder seus projetos para o futuro e, ao mesmo tempo, proteger a marca que pretendem usar.

A Gigante das Buscas já possui o Google Hire, seu próprio serviço de recrutamento de profissionais pela internet lançado em 2017 para bater de frente com o LinkedIn. Há também o Google Jobs, um tipo de agregador de vagas oferecidas por sites que listam ofertas de empregos. É possível que o Clockwork funcione como uma ferramenta em que as próprias empresas poderão gerenciar suas vagas, em vez de simplesmente agregar páginas de plataformas já existentes.

Mas nada garante que o serviço será de fato lançado. Registros de marcas e patentes podem indicar que a empresa está trabalhando em um novo produto, recurso, ou apenas em um conceito que talvez nunca veja a luz do dia. Só o tempo dirá se o Clockwork se tornará realidade.

Fonte: Leman Solicitors

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.