Google faz mudanças em suas políticas de privacidade para se adequar à GDPR

Por Ramon de Souza | 11 de Maio de 2018 às 15h00
The Russian Times
Tudo sobre

Google

Faltam poucos dias para que a GDPR, a famosa lei europeia de proteção de dados digitais, entre em vigor. E, obviamente, todas as empresas que de alguma forma lidam com informações sensíveis de cidadãos europeus estão correndo contra o tempo para se adequar às novas regras. A Google não é uma exceção, e, nesta sexta-feira (11), a empresa apresentou uma profunda reformulação em suas políticas de privacidade, que inclusive foram centralizadas em uma só página.

O objetivo da Gigante das Buscas é fazer com que os textos fiquem mais claros e tenham uma linguagem mais acessível do que o normal, facilitando sua compreensão por parte do público leigo. Os termos foram reformados e explicam de maneira mais simples como ocorre a coleta, armazenamento e tratamento de dados pessoais por parte de todos os serviços da companhia.

Indo além, a Google também pretende facilitar a vida dos internautas que desejam migrar suas informações para outros serviços e servidores — um dos direitos que a GDPR reserva para os europeus. Várias de suas plataformas (Fotos, Drive, Calendário, Play Music e Gmail) já permitem que você faça o download dos dados armazenados neles, e a marca pretende expandir tal funcionalidade para ainda mais produtos ao longo dos próximos meses.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Fonte: Android Central

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.