Dark Web encolhe 85% em um ano graças à ação do Anonymous

Por Redação | 14.03.2017 às 15:30

A chamada Dark Web, parte “obscura” da internet por trás dos típicos servidores que usamos diariamente, pode ter encolhido 85% entre 2016 e o início deste ano, segundo um levantamento realizado pela OnionScan, iniciativa criada para mapear os sites da rede Tor.

De acordo com o relatório, essa grande queda no volume de sites e serviços que operam na clandestinidade aconteceu após uma ação do grupo hacker Anonymous, que derrubou um servidor importante no início de fevereiro por conta da presença de pornografia infantil.

O grupo descobriu que o serviço de hospedagem Freedom Hosting II, um dos maiores portos seguros para a existência da web oculta, estava sendo complacente com a publicação de conteúdo de pedofilia. O Anonymous então derrubou os servidores e vazou dados da operação em larga escala, efetivamente tirando o Freedom Hosting II do ar.

Enquanto um estudo publicado em abril do ano passado indicava a existência de 30.000 sites e serviços funcionando na Dark Web, o novo levantamento reduz esse número para apenas 4.400. Segundo a OnionScan, estão em atividade menos de 4.000 endereços HTTP nos subterrâneos da web, cerca de 100 servidores SMTP e pouco mais de 10 servidores FTP, além de outros protocolos. É um número minúsculo, mas que abriga hackers, traficantes de drogas leves, pornógrafos e todos aqueles que tentam escapar da monitoração da web tradicional.

Fonte: OnionScan