Como comprar e vender bitcoins, a criptomoeda virtual

Por Anderson Nascimento

Com o objetivo de revolucionar as negociações online, um programador, conhecido apenas pelo seu pseudônimo Satoshi Nakamoto, inventou em 2009 a moeda virtual bitcoin. Conhecida também como o "dinheiro da internet", a moeda rapidamente se popularizou ao redor do mundo devido aos seus diferenciais em relação às moedas tradicionais.

Com a moeda da internet, é possível comprar produtos e vendê-los com taxas baratas e rapidez, levando em consideração que não existe nenhuma instituição financeira por trás de sua circulação no mercado. Ou seja, o bitcoin tornou-se a primeira rede de pagamento descentralizada, onde os próprios usuários é quem controlam o sistema.

Os bitcoins chegam ao mercado mediante um processo muito semelhante ao ouro. Para minerar bitcoins é preciso um computador de alto desempenho, ter instalado o software adequado e estar conectado à um conjunto de computadores. Quanto mais difícil for obter um bitcoin, maior será o seu valor no mercado.

É imprescindível levar em conta a flutuação que a moeda virtual possui, assim como qualquer outra moeda. Quanto maior for a procura, maior será a cotação da moeda. A variação do bitcoin é algo que precisa ser muito bem acompanhado por quem pretende usar a criptomoeda como forma de investimento e de ganhos financeiros. Em 2013, 1 bitcoin variou entre US$ 13 e US$ 1.000.

Um dos principais riscos da criptomoeda é a sua volatilidade. Por ser uma moeda cercada de incertezas sobre o seu futuro, é admissível que sua variação seja frequente e muitas vezes abrupta. Outro risco que deve ser considerado por quem deseja trabalhar com o bitcoin é a segurança de sua carteira. Muitos hackers e invasores tentam burlar a segurança do sistema para roubar moedas dos usuários. Por fim, o bitcoin também apresenta certo risco por não ser uma moeda regularizada. Apesar da rede garantir que o sistema é seguro, ele não possui a base de nenhuma instituição financeira, o que dificulta a sua regulamentação e a sua legalidade.

Para entrar neste mercado a fim de obter bitcoins e negociá-los, é preciso encontrar sites confiáveis na internet. Vale lembrar que a escolha de um sistema confiável é muito importante, visto que muitos deles já apresentaram vulnerabilidades no passado, colocando em risco os rendimentos de seus usuários. Alguns sites seguros para gerenciar suas moedas virtuais são o BitGo, Armory, mSIGNA, Bitcoin Core e BitcoinWallet.

Comprar créditos

Para obter bitcoins você deve ter um saldo em dinheiro para depois utilizá-lo como troca na moeda virtual. O primeiro passo é realizar o cadastro no site Mercado Bitcoin. Basta acessar a página e clicar no botão "Cadastre-se" na parte superior direita. Ao fazer isso, você deverá preencher um breve formulário com seus dados pessoais, incluindo CPF e sua data de nascimento.

Cadastro Mercado Bitcoin

Feito isso é hora de inserir créditos em dinheiro para comprar seus bitcoins. Entre na página de depósitos e siga as instruções detalhadas para inserir créditos em sua conta. Neste processo, você deve informar o banco em que realizará o depósito, bem como o tipo de depósito e o valor na moeda local que você utilizará (pode ser em reais).

Comprar e vender bitcoins

Depois que os seus créditos estiverem disponíveis em sua conta, você já poderá comprar seus primeiros bitcoins. Para isso basta acessar sua conta e informar a quantidade de bitcoins que você deseja adquirir (ou o valor em reais que deseja trocar) e clicar no botão "Comprar".

A venda de um Bitcoin também é um processo bem simples. Basta estar conectado em sua conta, ir até a tela inicial do Mercado Bitcoin e clicar em "Vender". Na próxima página, basta digitar a quantidade de bitcoins que você pretende vender e finalizar a venda para que o dinheiro seja creditado em sua conta.

Fonte: http://www.techtudo.com.br/dicas-e-tutoriais/noticia/2016/01/como-comprar-e-vender-bitcoins-no-brasil.html

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.