Papa Francisco afirma que a Internet é "uma bênção de Deus"

Por Redação | 24.01.2014 às 16:42 - atualizado em 24.01.2014 às 17:45

O Papa Fancisco falou um pouco sobre o que acha da Internet e declarou que a considera algo maravilhoso, mas expressou preocupação em relação à sua capacidade de prejudicar nossos relacionamentos e também a respeito da violência comercial contra seus usuários.

Esses comentários foram publicados com o título "Comunicação a Serviço de uma Autêntica Cultura do Encontro – Uma Mensagem do Papa no Dia da Comunicação". Este dia, celebrado desde 1967, é uma invenção da Igreja Católica para encorajar a reflexão a respeito da como a mídia moderna pode espalhar o evangelho.

De acordo com o britânico The Register, a tese central do pontífice é de que "a mídia pode ajudar a nos sentir mais próximos uns dos outros, criando uma sensação de união da humanidade, o que pode inspirar solidariedade e esforços para garantir uma vida mais digna para todos".

"A internet, em particular, oferece gigantescas possibilidades para que pessoas se encontrem e para que sejam solidárias", escreveu o Papa. "É algo realmente bom, uma bênção de Deus", disse. Mas nem tudo são flores. O Papa considera que a velocidade altíssima com que as informações são trocadas não nos dão tempo para refletir e julgar melhor nossas decisões.

Ele também diz que a internet, ao mesmo tempo que pode nos inundar de conhecimento, também pode nos fazer perder a linha. Além disso, segundo ele, a sede por conectividade pode nos transformar em pessoas mais isoladas e solitárias.

Por fim, o Papa pede que a mídia invista em maneiras de aproximar pessoas umas das outras e também de Deus. "Não adianta ficarmos apenas conectados nas vias digitais. Temos que transformar essas conexões em encontros reais. Não podemos viver separados, presos em nós mesmos", disse o pontífice.