Instawallet: serviço de Bitcoin sai do ar depois de sofrer ataque

Por Redação | 04 de Abril de 2013 às 10h00

O serviço de armazenamento de moeda virtual Bitcoin, que funciona no site Instawallet, saiu do ar nesta quarta-feira (3) depois de ter sua segurança comprometida por invasão de hackers. As informações são do site The Verge.

Os usuários que utilizam o serviço vão receber seu dinheiro de volta, mas devem ter um pouco de paciência nesse primeiro instante. O site vai abrir um sistema de reclamações, e reembolsos de montantes inferiores a 50BTC (equivalente a cerca de R$ 12 mil) devem ser feitos dentro de 90 dias, enquanto valores maiores devem demorar um pouco mais para serem processados.

O episódio acontece logo após o Bitinstant, outro serviço relacionado ao Bitcoin, ter sido roubado e perder cerca de R$ 24 mil durante o ataque. Lembrando também que em meados de 2012 outro serviço do mesmo tipo, o BitFloor, também sofreu hack. Na época, o serviço perdeu cerca de R$ 500 mil em moedas virtuais armazenadas.

O Instawallet continua fora do ar e informa o seguinte: "O serviço Instawallet está suspenso por tempo indeterminado até que sejamos capazes de desenvolver uma arquitetura alternativa. Nosso banco de dados foi fraudulentamente acessado e, devido à própria natureza da Instawallet, é impossível reabrir o serviço como está."

No último final de semana, o valor total dos Bitcoins ultrapassou a casa do US$ 1 bilhão (R$ 2 bilhões), surpreendendo os consumidores e os analistas. Não sabe como funciona o Bitcoin? Então conheça a moeda virtual que não depende de governos e bancos.

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.