Inteligência Artificial transforma humanos em personagens anime

Por Nathan Vieira | 05 de Agosto de 2019 às 14h30

Os pesquisadores de uma empresa sul-coreana de edição de videogames chamada NCSoft (Aion: The Tower of Eternity, Lineage, Guild Wars, City of Heroes) desenvolveram uma tecnologia de inteligência artificial com o nome de AI-anime-convertor, cuja proposta é transformar os seres humanos em personagens de anime, com traços bem convincentes.

A técnica utilizada pelo programa para mudar os traços das pessoas se chama Generative Adversarial Networks (GANs), e consiste na absorção/no aprendizado de informações como imagens dos rostos de humanos e de animes, para a elaboração de novas amostras unindo esses traços.

A ideia de transformar pessoas em anime

A inteligência artificial une traços da pessoa com traços de anime (Foto: NCSoft)

O AI-anime-convertor foi desenvolvido especificamente por June Kim, Kim Minjae, Hyeonwoo Kang e Kwanghee Lee, funcionários da NCSoft. A empresa não só divulgou o código no Github (uma plataforma de hospedagem de código-fonte com controle de versão usando o Git, que permite que programadores, utilitários ou qualquer usuário cadastrado na plataforma contribuam em projetos privados de qualquer lugar do mundo) como também publicou a pesquisa na internet, para que todos pudessem acompanhar o raciocínio por trás de tudo.

"Eu me inspirei em um trabalho chamado mapeamento de ativação de classe (CAM)", June Kim declarou por meio de um e-mail destinado à equipe da Vice. O CAM, segundo a descrição da pesquisadora, analisa uma imagem e a separa em camadas, usando pontos de interesse distintos para classificar os elementos mais importantes. Se uma rede neural treinada por CAM estiver olhando para uma imagem de um gato e um cachorro, por exemplo, verá que a pele é um traço muito semelhante ao usado para classificação, por isso usará os olhos ou orelhas do animal.

De acordo com o artigo publicado pela equipe da NCSoft, em que todo o trabalho é descrito, a empresa incorporou esses mapas de atenção em seu modelo, permitindo que as Generative Adversarial Networks se concentrassem em regiões importantes nas imagens e ignorassem as mais irrelevantes. Isso, adicionado a um algoritmo de normalização sofisticado que a equipe apelidou de Adaptive Layer-Instance Normalization (AdaLIN), é sinônimo de uma maneira confiável de criar um retrato de anime convincente de um ser humano.

Outras transformações

Os estudos da NCSoft não se limitaram a transformar apenas seres humanos (Foto: NCSoft)

Entretanto, June Kim e sua equipe não se limitaram a transformar apenas pessoas em personagens de anime. A mesma tecnologia também foi utilizada para a transformação de cavalos em zebras, quadros normais em pinturas ao estilo de VanGogh e gatos em cachorros. A técnica chegou a ser aplicada até mesmo na transformação de paisagens ou de construções. A ideia é que, se o internauta tiver um computador poderoso o suficiente para rodar o software, também vai ser capaz de transformar seu cão em um gato ou em um avatar de anime perfeito.

Fonte: Vice

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.