Startup cria adesivo hi-tech que conta se o corpo carece de nutrientes

Startup cria adesivo hi-tech que conta se o corpo carece de nutrientes

Por Gustavo Minari | Editado por Douglas Ciriaco | 06 de Agosto de 2021 às 13h26
Reprodução/Santé Patch

O santéPatch é uma solução não invasiva e indolor que ajuda a monitorar níveis de vitaminas e sais minerais no organismo. Quando colado na pele, o microadesivo desenvolvido por uma startup inglesa consegue identificar carências nutricionais, além de indicar formas eficientes para manter uma dieta equilibrada e uma vida mais saudável.

A leitura dos nutrientes é feita a cada 15 minutos por meio de um processo bioquímico conhecido como iontoforese reversa que consegue analisar os fluidos da pele em tempo real. Um pulso elétrico imperceptível aplicado dos dois lados do adesivo cria uma reação de fluxo eletro-osmótico entre o suor e um sensor, permitindo uma análise mais detalhada.

“É extremamente importante estar ciente de seus níveis de vitaminas e minerais, o que ajuda a melhorar saúde, bem-estar geral e imunidade. A tecnologia usada no santéPatch oferece aos médicos e consumidores uma solução de diagnóstico completa, com resultados em tempo real e sem a necessidade de testes invasivos e caros”, afirma o inventor dos biossensores, Duncan Purvis.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Adesivo ideal para prática de atividades físicas (Imagem: Reprodução/SantéPatch

Inteligência artificial

Os dados obtidos pelos adesivos são transmitidos para um aplicativo alimentado por inteligência artificial (IA) em smartphones ou smartwatches. As informações são processadas instantaneamente, permitindo a criação de planos de nutrição personalizados com base nas carências nutritivas de cada usuário.

Segundo o fabricante, o patch se adapta a qualquer tipo de pele, podendo ser usado por todas as faixas etárias. A IA consegue transformar os sinais elétricos emitidos pelo adesivo em informações fáceis de serem compreendidas, então, não é preciso ser médico ou especialista para decifrar os dados que aparecem na tela do celular.

“O mundo da nutrição está evoluindo e, com ele, novas e inovadoras formas de ajudar as pessoas a personalizar sua saúde. A capacidade de analisar seu status de micronutrientes remotamente também pode ser usada no campo da saúde pública e da pesquisa em nutrição esportiva”, comenta o nutricionista Rob Hodson, que participou do desenvolvimento do adesivo.

Financiamento coletivo

A vaquinha virtual do santéPatch começou no site Kickstarter em julho deste ano com o objetivo de arrecadar 60 mil libras, cerca de R$ 430 mil em conversão direta e sem considerar os impostos. A ideia é alcançar esse valor até o dia 20 de agosto de 2021 para começar a fase final de produção e distribuição dos adesivos.

santéPatch começa a ser entregue em fevereiro de 2022

A estimativa é que o patch chegue ao mercado do Reino Unido com preços equivalentes a R$ 180, sem assinatura e com um adesivo por mês. Os planos mais caros custam em torno de 300 libras, cerca de R$ 2 mil, com direito a 12 adesivos por ano e uma assinatura gratuita para o uso do aplicativo durante o mesmo período. A primeiras unidades devem ser entregues entre fevereiro e abril de 2022.

“Apesar dos esforços em saúde pública, a maioria das pessoas ainda não consegue atingir um equilíbrio ideal de nutrientes em sua dieta diária. A partir do momento que você começa a observar sua carência nutricional em tempo real, isso incentiva práticas mais saudáveis e o consumo de alimentos melhores”, completa Purvis.

Fonte: Kickstarter

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.