IBM lança plataforma de educação digital gratuita no Brasil

Por Rui Maciel | 17 de Abril de 2020 às 07h15
Divulgação
Tudo sobre

IBM

Saiba tudo sobre IBM

Ver mais

Open P-TECH: esse é o nome de uma plataforma educacional lançada nessa semana pela IBM no Brasil, que levará conteúdos de educação digital gratuitos capacitar jovens e educadores em setores relacionados à área de Tecnologia. Entre as especializações oferecidas estão segurança cibernética, inteligência artificial e computação em nuvem. A iniciativa já foi adotada em 24 países.

Depois que os alunos concluem os cursos no Open P-TECH, eles podem ganhar os chamados "badges digitais", certificados reconhecidos pela indústria que podem ser inseridos no currículo e ajudam no processo de candidatura a um emprego. Além disso, os professores também têm acesso a um painel de progresso por aluno, no qual é possível monitorar seus avanços, recomendar e personalizar o plano de aprendizagem online.

Fundação Bradesco estreia plataforma no Brasil

A Fundação Bradesco, será a primeira entidade no Brasil a utilizar a Open P-TECH, permitindo que seus alunos do ensino médio tenham acesso a esses conteúdos online, apoiando a aprendizagem constante dos estudantes, principalmente aqueles interessados em investir em carreiras na área de Tecnologia.

O projeto está em fase de implementação na escola Fundação Bradesco de Campinas e, em 2021, será estendido aos mais de 9 mil alunos do Ensino Médio. Além disso, nos próximos meses, os cursos também serão amplamente divulgados aos usuários da plataforma Escola Virtual da Fundação Bradesco, que oferece cursos online inteiramente gratuitos há quase 20 anos. Em 2019, mais de 1,1 milhão de alunos concluíram ao menos um dos cursos à distância disponíveis no portal de e-learning.

O programa OPEN P-TECH já foi adotado em 24 países

"Com o Open P-TECH e a IBM, estamos dando mais um passo na evolução da nossa metodologia de ensino digital para que a próxima geração de profissionais tenha o futuro promissor que merecem",disse Jefferson Romon, Diretor Adjunto da Fundação Bradesco.

"A educação deve ser adaptada a um mundo tecnológico diferente do que recebemos há 20 anos, e todos os atores do ecossistema precisam se unir para mudar o paradigma em torno dos métodos de aprendizagem, aproveitando a acelerada evolução de tecnologias exponenciais como a inteligência artificial", disse Tonny Martins, Gerente Geral da IBM Brasil. "É uma honra poder contar com a Fundação Bradesco como a primeira parceira do Open P-TECH, colaborando juntos em um formato de educação contínua digital para oferecer conteúdo de nível internacional a jovens e educadores.", completa.

Tendências

De acordo com o último relatório do Fórum Econômico Mundial, mais de 42% de todos os empregos sofrerão alterações significativas até 2022 e exigirão novas habilidades, como analítica avançada, design thinking e soft skills. De olho nesse cenário, o P-TECH foi desenvoldio em 2011 pela IBM para ajudar a fechar as lacunas de educação e desenvolvimento de força de trabalho nesses setores.

O Open P-TECH já está disponível para estudantes, docentes e representantes de instituições de ensino de todo o Brasil. Para se registrar na plataforma, é só acessar o site oficial do programa.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.