Neurocientistas usam Inteligência Artificial para "ler a mente" dos pacientes

Por Natalie Rosa | 28 de Fevereiro de 2018 às 08h13
photo_camera Universidade de Toronto Scarborough

Neurocientistas da Universidade de Toronto Scarborough, no Canadá, estão utilizando a Inteligência Artificial para, literalmente, ler a mente dos pacientes. Segundo os pesquisadores, a tecnologia é capaz de construir imagens com base na percepção cerebral de dados coletados por eletroencefalografia, exame que faz monitoramento da atividade elétrica do cérebro.

Em testes realizados pelos cientistas, os pacientes precisaram observar algumas imagens enquanto estavam conectados ao aparelho de leitura de ondas cerebrais. Com isso, suas atividades cerebrais eram registradas e, em seguida, analisadas com ajuda de um algoritmo de aprendizado de máquina.

Os resultados foram satisfatórios: os neurocientistas conseguiram usar as informações coletadas para criar imagens digitalizadas de um rosto que estava armazenado na memória de um dos pacientes. A identificação ultrapassou os limites do básico, exibindo imagens ricas em detalhes e de alto nível.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

A tecnologia ainda pode reconstruir acontecimentos com base no que o paciente está sentindo no momento, visualizando memórias ou imaginação. Além de rostos, o projeto também tem planos de recriar imagens precisas de diferentes objetos.

Fonte: Digital Trends

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.