Principais operadoras do Brasil atualizam cadastros de celulares pré-pagos

Por Nathan Vieira | 02 de Setembro de 2019 às 14h06

Com a chegada de setembro, a Anatel resolveu colocar em prática uma medida para evitar fraudes com CPF de terceiros. Trata-se do recadastramento de celulares pré-pagos. Enquanto a ideia teve início em abril deste ano, abraçando apenas o estado de Goiás, em julho a medida ficou mais abrangente, chegando a estados como Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rondônia, Tocantins, Santa Catarina e Brasília. Já nesta segunda-feira (2), o recadastramento acontece em todos os outros estados: Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Roraima, São Paulo e Sergipe.

As medidas envolvem celulares pré-pagos das maiores operadoras do Brasil, ou seja: Claro, TIM, Vivo, Oi, Algar e Sercomtel, e para que isso aconteça, os clientes precisam passar as principais informações pessoais, como nome completo, CPF, endereço e CEP. De acordo com a SindiTeleBrasil, “quem não fizer o recadastramento no prazo estipulado pela operadora terá a sua linha bloqueada enquanto o cadastro não for atualizado”. Sendo assim, quem tiver cadastro incompleto precisa informar os dados que faltam, senão a linha vai ser bloqueada. "A atualização é obrigatória para todos os consumidores que possuam pendências cadastrais".

As principais operadoras do Brasil estão adotando o recadastro dos celulares pré-pagos

Além disso, o sindicato também diz que a principal razão dessa medida é fornecer segurança e transparência para os usuários e a sociedade, e que a iniciativa "atende ao que foi determinado pela Lei 10.703/2003 e pela resolução 477/2007, da Anatel, para que as operadoras mantenham o cadastro atualizado de seus clientes na modalidade pré-paga".

Um diferencial é que as operadoras vão mandar SMS ou ainda ligar para os clientes que tenham pendências no cadastro. Mesmo assim, vale procurar o site da operadora do seu celular ou ligar para a central de atendimento, se estiver em busca de maiores informações. É válido lembrar, também, que esse recadastro nos celulares pré-pagos é a primeira fase das medidas da Anatel. O plano é que na segunda fase, que está prevista para começar em março do ano que vem, as empresas passem a adotar um novo modelo de cadastro para novas ativações de celulares pré-pagos.

Fonte: Anatel e SindiTeleBrasil via Tecnoblog

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.