Brasil e Europa serão interligados por novo cabo submarino de 40 TB/s

Por Natalie Rosa | 21 de Janeiro de 2019 às 13h37
Reprodução

O Brasil será interligado à Europa através de um novo cabo submarino de fibra ótica, segundo Carlos Oliveira, ministro-conselheiro para o mercado digital da representação da União Europeia no Brasil.

Já foram disponibilizados US$ 30 milhões para o início da implantação do projeto do cabo, que terá capacidade de transmitir dados a até 40 TB/s e que vai facilitar as comunicações telefônicas e de imagens entre o Brasil e o continente. Ainda não está calculado, no entanto, o volume total do cabo, pois ainda é preciso um detalhamento que vem sendo analisado por um consórcio de empresas, incluindo a Telebras.

Atualmente, o Brasil conta com o cabo sumarino Atlantis 2, que faz a ligação com a Europa. Entretanto, o cabo só é capaz de transmitir dados a até 20 GB/s, uma taxa baixa para a tecnologia e necessidade atuais. Devido a essa deficiência, o Brasil acaba tendo de utilizar cabos que se conectam aos Estados Unidos para transmitir dados de voz e imagem internacionais e, então, retransmiti-los para a Europa e outras localidades.

Operadoras brasileiras que tenham interesse em ampliar suas capacidades serão beneficiadas, segundo Oliveira, assim como universidades do Brasil e do exterior e institutos de pesquisas.

Fonte: Agência Brasil

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.